Casa e decoração

Panamá: Donald Trump inaugura edifício mais alto da AL

Arnulfo Franco/AP
Bilionário faz prédio mais alto da América Latina por US$ 400 mi imagem: Arnulfo Franco/AP

PANAMÁ, Panamá, 6 Jul 2011 (AFP) -O magnata americano Donald Trump inaugura nesta quarta-feira seu primeiro hotel latino-americano, um luxuoso complexo de 70 andares de frente para o oceano Pacífico na capital do Panamá. Será o edifício mais alto da América Latina.

A construção, no formato de uma vela de barco, de 284 metros de altura, é um complexo turístico e residencial que amplia a explosão do setor imobiliário do Panamá, que planeja se tornar uma 'mini Dubai'. Trump provocou recentemente a ira da classe política panamenha ao declarar que os Estados Unidos entregaram "estupidamente" ao país o Canal interoceânico.

O 'Trump Ocean Club International Hotel&Tower' reflete "a sensibilidade moderna da nova geração do turismo de luxo", disse a empresa no convite para a inauguração do complexo hoteleiro, onde a diária do quarto mais barato custa 300 dólares e há, até, apartamentos a partir de 250 mil dólares até 1 milhão.

Com um investimento de mais de 400 milhões de dólares, o edifício projetado pela empresa colombiana de arquitetura Arias Serna Saravia, tem 47 suítes, 37 elevadores, spa, piscinas, marina, cassino, lojas, restaurantes, boutiques e uma ilha com praia particular.

O edifício também tem um terraço de mais de 900 metros quadrados com uma piscina com vista para o oceano e um centro de convenções de 4.200 metros quadrados.

"É o primeiro projeto Trump fora dos Estados Unidos", disse Eric Trump, filho do magnata, durante uma visita com jornalistas realizada recentemente.

A rede Trump tem hotéis em cidades como Nova York, Chicago e Las Vegas, e constrói atualmente um em Toronto (Canadá).

Cerca de mil pessoas vão trabalhar no complexo em que celebridades e ricos já compraram quase todas as unidades, de acordo com a imprensa local. A empresa mantém sigilo sobre tais informações.

Topo