Casa e decoração

Seguradora de créditos imobiliários dos EUA declara falência

Uma das principais companhias de seguro de créditos hipotecários dos Estados Unidos, PMI Group, declarou sua falência nesta quinta-feira, alegando persistentes dificuldades no mercado imobiliário, segundo um comunicado da SEC - o organismo de controle das atividades financeiras.

O grupo, que possui ações na bolsa, deixa contas pendentes de US$ 736 milhões na forma em dívidas não garantidas, segundo o comunicado.

O PMI Group manterá suas atividades no momento.

No final de outubro, a empresa ficou sob a tutela das autoridades do estado do Arizona e foi ordenado que seus assegurados não recebam mais do que 50% das quantias devidas. Ela também recebeu a ordem de não assinar novas apólices de seguros.

O PMI Group era o número três do setor nos Estados Unidos. A empresa chegou a pagar cerca de US$ 1,5 bilhão por ano aos grandes grupos do mercado hipotecário, como Fannie Mae, Freddie Mac e Wells Fargo, que se protegiam assim do não pagamento dos créditos concedidos.

No segundo trimestre deste ano (últimos dados publicados) o PMI Group registrou perdas líquidas de US$ 134,8 milhões, levemente acima do que havia perdido um ano antes (US$ 150,6 milhões).

Topo