Casa e decoração

Espanha inaugura Centro Cultural Niemeyer no aniversário do arquiteto

Anelise Infante De Madri para a BBC Brasil

O aniversário de 103 anos de Oscar Niemeyer será comemorado nesta quarta-feira na cidade espanhola de Avilés, norte do país, com a inauguração do maior projeto do arquiteto brasileiro na Europa.

O “presente” é o Centro Niemeyer, um complexo cultural que custou R$ 100 milhões.
Instalado em uma área de 44 mil metros quadrados, com quatro edifícios e capacidade para 10 mil visitantes por dia, o local concentra teatros, auditório, museu, centro de convenções, espaços gastronômicos e um “Film Center” cuja programação será coordenada por Woody Allen.

O projeto, que também é o primeiro de Niemeyer na Espanha, tem claras referências a Brasília e ao Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

  • As áreas internas do Centro Niemeyer seguem a linha de sinuosidades, jogos de luz e contínuo uso da cor branca em praticamente toda a estrutura


Sinuosidades

O centro está rodeado por jardins em um espaço que o arquiteto idealizou para ser “uma grande praça aberta a todos os homens e mulheres do mundo, um grande palco de teatro sobre o rio e a cidade velha”, como aparece no projeto original.

As áreas internas seguem a linha de sinuosidades, jogos de luz e contínuo uso da cor branca em praticamente toda a estrutura.

Entre as personalidades e instituições internacionais que vão colaborar com a programação do Centro Niemeyer estão o Carnegie Hall de Nova York, o escritor Paulo Coelho e o cientista Stephen Hawking.

A obra já ganhou apelidos como “a Brasília espanhola” e comparações com outros projetos arquitetônicos como o Museu Guggenheim de Bilbao, a quem a imprensa da Espanha diz que “ganhou um rival”.

A inauguração nesta quarta-feira contará com uma festa para 500 convidados e abre uma série de eventos promovidos pela ONU.

Oscar Niemeyer deverá participar “virtualmente” da inauguração por uma conexão online, segundo informou a organização.

Topo