Últimas de Estilo de vida

Londres inaugura latas de lixo que 'agradecem' com vozes de celebridades

Divulgação/BBC
Lixeira "cesta de basquete" fala com voz de celebridades em Londres. A lata de lixo integra a campanha da organização "Keep Britain Tidy" (Mantenha a Grã-Bretanha Limpa) imagem: Divulgação/BBC

Quem jogar algo no lixo em Londres a partir de outubro poderá receber o agradecimento de personalidades locais.

Um total de 25 ''latas de lixo falantes'' serão instaladas na região central de Londres e outras serão colocadas em Liverpool.

A atriz Amanda Holden gravou uma mensagem na qual diz ''sim, faça isso novamente!'' e o ex-jogador de críquete Phil Tufnell grita ''howzat!'' (que tal isso!), uma expressão característica do esporte.

O projeto foi uma criação da organização Keep Britain Tidy (Mantenha a Grã-Bretanha Limpa), que promove campanhas contra o despejo de lixo em locais públicos no país, e da entidade Sing London, que promove iniciativas coletivas bem-humoradas para integrar moradores londrinos.

Além de falar, algumas latas de lixo ''cantarão'' músicas inspiradas em canções de filmes famosos, como "I'm singing in the bin" ("Estou cantando na lata de lixo", alusão a "Singing in the rain", do filme "Cantando na Chuva") e "Rubbish keeps falling on my head" ("Lixo fica caindo na minha cabeça", versão de "Raindrops keep falling on my head", de Butch Cassidy & Sundance Kid).

Quem jogar algo no lixo também poderá ser brindado com ''efeitos sonoros'', como uma salva de palmas, um coral de "Aleluia" ou um naipe de trombones.

Haverá ainda latas de lixo adaptadas para cada localidade. Liverpool, por exemplo, contará com latas de lixo dos Beatles, o bairro de Covent Garden, sede da Royal Opera House, terá uma lata de lixo operística, e o bairro de St. John's Wood, sede do estádio de críquete Lord's Cricket Ground, terá uma lata de lixo com temas esportivos.

Os latões serão inaugurados no próximo dia 13 de outubro e deverão permanecer em Londres por dois meses.

Após esse período, as latas deverão seguir para outras cidades britânicas e retornarão a Londres para os Jogos Olímpicos de 2012.

Topo