Casa e decoração

Com 350 quartos, maior casa da Grã-Bretanha é colocada à venda

Divulgação/Wentworth Woodhouse
Fachada da mansão Wentworth Woodhouse, considerada a maior casa do Reino Unido imagem: Divulgação/Wentworth Woodhouse

A mansão Wentworth Woodhouse foi construída no século 18 e tem 11,5 mil metros quadrados de área construída. Só de corredores, são cerca de oito quilômetros.

Localizado ao norte de Rotherham, no norte da Inglaterra, o imóvel tem duas vezes o tamanho do Palácio de Buckingham, residência oficial da rainha Elizabeth 2ª, e é 150 vezes maior do que uma casa média no Reino Unido.

A mansão, que mistura dois tipos de estilos arquitetônicos, o barroco e o palladiano, já pertenceu a um aristocrata que inspirou o personagem Mr. Darcy da famosa escritora britânica Jane Austen.

Segundo a imobiliária Savills, responsável pela venda, a propriedade é tão grande que não se sabe ao certo o número de quartos. Estima-se que a Wentworth Woodhouse tenha cerca de 350 dormitórios.

Divulgação/Wentworth Woodhouse
O imóvel tem duas vezes o tamanho do Palácio de Buckingham imagem: Divulgação/Wentworth Woodhouse

A casa está sendo vendida após a morte de seu antigo proprietário, o arquiteto Clifford Newbold. Em entrevista ao jornal britânico "Metro", Crispin Holborow, diretor da imobiliária Savills, disse que "nunca vendeu um imóvel tão grande".

"Não acho que exista casa maior do que essa", disse ele ao diário. "Não é possível entrar em cada quarto, são muitos. Mas, depois de alguns, você pensa que já viu o bastante", acrescentou.

Valor

Apesar do tamanho, o imóvel foi colocado à venda por 8 milhões de libras ou R$ 38 milhões, valor considerado baixo para os padrões britânicos. Para se ter uma ideia, com esse montante, é possível comprar apenas um apartamento de um quarto próximo ao Hyde Park, uma das regiões mais caras de Londres.

Já se quisesse investir no Brasil, o comprador poderia adquirir 70 apartamentos de 60 metros quadrados em São Paulo, de acordo com o Índice FipeZap. No entanto, segundo o anúncio, o futuro morador da Wentworth Woodhouse terá de gastar milhões de libras para restaurar uma grande parte da casa que permanece inabitada.

Savills/Wentworth Woodhouse
A casa está à venda após a morte de seu proprietário, o arquiteto Clifford Newbold imagem: Savills/Wentworth Woodhouse

Topo