Casa e decoração

Estreia da mostra Abup Móvel Show traz bons exemplos de design

CHRIS CAMPOS

Colaboração para o UOL

O pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo (SP), é sempre uma boa opção para mostras de decoração: espaço de sobra, ambiente aprazível e bem iluminado. O local foi escolhido para a realização do 1o Abup Móvel Show, evento para profissionais da área que ocorre de 22 a 25 de fevereiro. A ideia, como em toda mostra, era apresentar as novidades dos fabricantes aos lojistas de todo país. Móveis, claro, foram as principais atrações desta mostra de porte médio que funcionou, na estreia, como uma vitrine das mais sortidas. De empresas especializadas em importações de objetos do Oriente a bons exemplos de design – apresentados pelo coletivo Grupo de Design OK – pôde-se ver de tudo um pouco por lá.

A madeira segue como principal matéria-prima em mesas, cadeiras, sofás e estantes. A novidade ficou por conta de peças criadas a partir da reciclagem de materiais, como a linha apresentada pela Belaus – que utiliza madeira de demolição garimpada em antigos moinhos, igrejas e residências do sul do Brasil. Já o designer Sergio Fahrer apostou na reciclagem de alumínio de aviação para criar um dos bancos mais interessantes da seleção escolhida por ele para integrar a mostra.

Móveis tradicionais (linhas clean e cores neutras) marcaram presença maciça nos estandes. Mas algumas marcas, como a Estilo BR, resolveram dar uma repaginada nos básicos de sempre. Entre as boas surpresas, um bufê laqueado amarelo-limão e um bar escandalosamente roxo. Bom para variar... Na linha “nada se cria, tudo se transforma”, a melhor amostra esteve no estande da importadora Rug Hold, especializada em produtos “Made in China”. Os tapetes inspirados nos modelos dos palácios franceses, que poderiam facilmente integrar o mobiliário do quarto de Maria Antonieta, fizeram muito sucesso em reedições chinesas. Só o preço não é lá muito animador. Nas lojas, um tapete dessa linha não sairá por menos de R$ 2.500. A salada mista contou ainda com ingredientes extras: móveis provençais, muito vime combinado com estampas floridas, reedições de cadeiras dos 60’s e ainda móveis Luís XV em profusão em alguns estandes.

Dentre as novidades apresentadas pelo Grupo Design OK, destaque especial para os protótipos de azulejos e para as poltronas inventivas do Estúdio Bola, para o conforto explícito do sofá de André Cruz e da poltrona da Decameron (com jeito de férias) e para as peças sempre finas do designer Pedro Useche.

Chris Campos é jornalista e editora do site Casa da Chris (www.casadachris.com.br)

Topo