Casa e decoração

Designer Carlos Motta lança livro e abre exposição com móveis sustentáveis

Fernando Laszlo/Divulgação
A Poltrona Astúrias Fixa, feita em peroba-rosa pelo designer Carlos Motta imagem: Fernando Laszlo/Divulgação

Da Redação

Com o uso de madeira de demolição, o designer e arquiteto brasileiro Carlos Motta criou as 25 peças da mostra “Móveis de madeira reutilizada”, que tem abertura nesta terça-feira (8), no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo. “São peças independentes, desenhadas sem pressão da grande correnteza”, diz o profissional, que na ocasião lança o livro “Carlos Motta e a Vida”, pela Editora Bei.

“Grande parte do que venho desenhando é para ser produzido com essa madeira de redescobrimento, rediscovered wood. É assim que é conhecida por aí no mundão. Reaproveitar, fazer novo uso do material”, explica Carlos Motta. “Na mostra, fica clara a responsabilidade ambiental e social, como pré-requisito de primeira grandeza para a realização do bom design. Sabemos quanto está desgastada a palavra sustentabilidade, porém é o que buscamos, esta é a meta da humanidade”. A mostra vai para Nova York em setembro e segue para Los Angeles em março de 2011.

Algumas são peças únicas, outras podem ser repetidas em pequenas quantidades. Uma delas, a Poltrona Radar, criada em 2008 e construída em peroba rosa de redescobrimento, com lustração especial, é giratória, com estrutura em ferro oxidado. Foi especialmente desenvolvida para as exposições no MCB e nos Estados Unidos.

Há uma exceção no conjunto de peças apresentadas por Carlos Motta. As cadeiras Havaianas foram criadas em madeira certificada e, assim como as sandálias homônimas, são apresentadas em várias cores: amarelo, prateado, azul, dourado, cinza chumbo e vermelho.

O livro

Com concepção e projeto de Paulo Lima, publisher da Trip Editora, e Rafic Farah, arquiteto e designer, o livro “Carlos Motta e a Vida” percorre o caminho que une vida e obra de seu protagonista, sem ser um catálogo de peças nem uma biografia.

A história de Carlos Motta e sua concepção de trabalho são apresentadas a partir das entrevistas concedidas por ele a Adélia Borges (jornalista e curadora da exposição), Alfredo Pimenta (arquiteto), e Paulo Lima, combinadas a depoimentos de clientes, amigos e parentes, como Paulo Mendes da Rocha, Sergio Rodrigues e Walter Sales. A publicação vem acompanhada de um DVD, “Carlos Motta nas ondas da vida”. O documentário tem duração de 30 minutos e abrange, como o livro, a vida e o trabalho do designer.

Serviço

Exposição: “Móveis de madeira reutilizada”, de Carlos Motta
Abertura: Dia 8 de junho de 2010, às 19h30, com lançamento do livro “Carlos Motta e a Vida”
Visitação: De 9 de junho a 4 de julho
Horário: De terça a domingo, das 10h às 18h
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705, Jardim Paulistano, São Paulo (SP)
Ingresso: R$ 4 e R$ 2 (estudantes). Grátis aos domingos e feriados
Informações: (11) 3032-3727 www.mcb.org.br

Livro: “Carlos Motta e a Vida”
Autores: Paulo Lima e Rafic Farah
Editora: Bei
Páginas: 180
Formato: 23 por 29,5 cm
Preço: R$ 90

Topo