Casa e decoração

Livro traz dicas para ajudar na reforma, decoração e organização da casa

Getty Images
Toalhas muito pequenas encharcam fácil. Coloque sempre mais de uma à disposição no lavabo imagem: Getty Images

Da Redação

Deixar a casa funcionando 100% nem sempre é tarefa fácil. Para quem não possui uma facilidade natural com o assunto, organizar e escolher a decoração dos ambientes pode ser uma tarefa inglória. Não faltam livros dispostos a tornar esse trabalho mais simples. Um deles, lançado no início deste ano, é “Organizando Espaços – Guia de decoração e reforma de residências”, da arquiteta especializada em interiores Miriam Gurgel. Na obra, a autora dá orientações para evitar transtornos durante reformas, analisa espaços e oferece conselhos práticos para melhorar a comodidade e eficiência dos ambientes.

Veja abaixo alguns trechos do livro com sugestões para aproveitar em casa:

•Sala de estar: Separe diferentes tipos de iluminação em diversos interruptores para que possam ser acionados separadamente conforme a necessidade;

•Sala de jantar: Mesas com pés estreitos ou centrais são mais adaptáveis a acomodar “mais um lugar” quando necessário;

•Dormitório: Num quarto para crianças ainda pequenas, organize diferentes caixas para diferentes tipos de brinquedo. Cestos também podem ser muito úteis para colocar roupa suja, brinquedos maiores, etc. Mantenha livre um espaço bastante grande no chão do quarto para diferentes brincadeiras. É aconselhável dispor de uma coberta para esticar no chão. Prateleiras ajudam a organizar coleções de bonecas, bichos ou carrinhos, expondo e compondo a decoração;

•Closet / armários: Na hora de organizar, evite tirar tudo de uma vez e “jogar sobre a cama”. Vá aos poucos, gaveta por gaveta, prateleira por prateleira, uma porta de armário por vez e assim por diante. Comece separando tudo aquilo que não foi usado pelo menos nos últimos dois anos e dê um destino mais interessante às peças, como a doação;

•Closet / armários: Portas de correr são bastante recomendáveis para espaços pequenos, em que a circulação pode se tornar um problema, porém, sempre impedem que uma parte do armário seja acessada enquanto outra está aberta. Portas com dobradiças permitem acesso a todo o armário, mas podem bloquear parte da circulação. Portas sanfonadas se acumulam num lado só do armário e, por isso, necessitam de espaço lateral extra para a abertura total das portas. Portas retráteis liberam bastante o espaço de circulação, mas “consomem” espaço útil dos armários nas laterais;

•Banheiros: Pias sobrepostas à bancada tendem a tornar a limpeza da bancada um pouco mais difícil, pois facilitam o acúmulo de água ao redor da pia, o que não costuma ocorrer com aquelas embutidas sob a bancada;

•Lavabo: Toalhas muito pequenas encharcam fácil. Portanto, coloque sempre mais de uma à disposição. Se for o caso, um local para dispor a toalha usada também deve estar à mão. Dependendo da ocasião, é melhor optar pela tradicional toalha de rosto. Sabonetes líquidos têm uma aparência melhor do que saboneteiras encharcadas ou sabonetes que podem rachar pelo pouco uso;

  • Divulgação

    Capa do livro "Organizando Espaços", de Miriam Gurgel (Editora Senac São Paulo)

•Escritório: Caso pessoas estranhas à família tenham acesso a ele, procure posicioná-lo o mais próximo possível da porta de entrada e do lavabo. Assim, garante-se mais privacidade aos moradores;

•Reformas: A utilização de e-mails, quando possível, é o modo ideal de diminuir a probabilidade de erros e garantir o registro do processo junto a empreiteiros e fornecedores quanto aos materiais escolhidos e aos serviços contratados.


Serviço

Organizando Espaços – Guia de decoração e reforma de residências
Autora: Miriam Gurgel
Editora: Senac São Paulo
Páginas: 192
Preço: R$ 50

Topo