Casa e decoração

Exposição fotográfica no RJ resgata importância da arquitetura art déco

Da Redação

Imagens de fachadas, interiores, monumentos e detalhes arquitetônicos e de decoração estão reunidos na exposição "Rio Art Déco", que abre nesta quarta-feira (17) na Caixa Cultural do Rio de Janeiro. A mostra é composta por mais de cem imagens feitas pela fotógrafa Lena Trindade. “Com esse trabalho mostro o que restou dessa época, e, quem sabe, alerto as autoridades para a necessidade da permanência dessa marca cultural na cidade do Rio de Janeiro”, diz a autora das fotos.

Algumas imagens são bem familiares ao carioca, como o Cristo Redentor e a escadaria do cinema Roxy, em Copacabana. Outras matam a curiosidade, como o interior do Edifício Biarritz, na Praia do Flamengo e de outros prédios no Largo do Machado e Alto da Boa Vista. O estilo art déco está presente também no imenso hangar da Base Aérea de Santa Cruz, com 274 metros de comprimento e 58 m de altura, construído para abrigar o Zeppelin.   

Entre os destaques estão o prédio da Associação Comercial do Rio de Janeiro e seu famoso painel "Riquezas do Brasil", construído em 1940, a partir do projeto do arquiteto francês Henri Pierre Sajous. Foi ele quem projetou o Edifício Biarritz (na Praia do Flamengo), o prédio da antiga Mesbla (no Passeio) e a Igreja da Santíssima Trindade (na Rua Senador Vergueiro, no Flamengo). No Edifício Paissandu, de 1929, projeto de Eduardo Pederneiras, são encontrados materiais nobres como o mármore e o granito, e vidros decorados.

“O estilo art déco na arquitetura chegou nos anos 20 e 30, e ocupou vários bairros do Rio de Janeiro, quando a vida na cidade se modernizava, a indústria se instalava e o Rio era uma cidade pronta para receber de maneira gentil e vibrante as informações de um novo tempo”, afirma Lena Trindade.

As fotos que compõem a exposição são apresentadas em um ambiente que também traz móveis e alguns objetos no estilo art déco. Haverá ainda uma projeção contínua do curta-metragem sobre a construção do mais importante símbolo carioca, o Cristo Redentor, escultura que ganhou linhas art déco a partir do desenho do escultor francês Paul Landowski. O filme é assinado por Isabel Noronha, bisneta do engenheiro Heitor da Silva Costa, autor do projeto.

SERVIÇO:
Exposição fotográfica “Rio Art Déco”

Local: Caixa Cultural Rio de Janeiro – Grande Galeria
Endereço: Avenida República do Chile, 230, anexo 3º andar, Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Visitação: 17 de novembro de 2010 a 30 de janeiro de 2011
Horários: De terça a sexta, das 10h às 18h; sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h
Ingresso: Entrada franca

Topo