Casa e decoração

Acontece em Nova York a 23ª Feira Internacional de Móveis Contemporâneos

Camila Viegas-Lee / UOL
Os "bancos na forma de um porco", do designer Harry Allen e produzidos pela Areaware estiveram expostos na 23ª ICFF, em Nova York imagem: Camila Viegas-Lee / UOL

CAMILA VIEGAS-LEE

Colaboração para o UOL

Depois e três dias de acesso restrito a profissionais do design, a 23ª Feira Internacional de Móveis Contemporâneos abre para o público geral nesta terça-feira, 17 de maio, no Centro de Convenções Jacob Javits, em Nova York. Apesar de comercial, a feira reúne alguns dos designers mais inovadores do mundo atraídos pelo nível de visitação e pela programação de exposições paralelas e discussões temáticas. A palestra de abertura por exemplo, "Materials Matter" (Materiais Importam, numa tradução literal), discutiu a importância dos materiais usados nos produtos. E não é preciso mencionar que sustentabilidade está em alta.

Um dos cartazes da área reservada a materiais inovadores diz "o que é uma boa idéia sem a expressão do material? E o que é um problema sem uma solução de um material?" Segundo o Dr. Andrew H. Dent, vice-presidente de pesquisa da Material ConneXion, materiais como um cogumelo capaz de substituir poliestireno, madeira feita de jornal e couro de intestino bovino está na lista do que deve ganhar mais atenção nos próximos anos.

Além disso, na palestra de abertura do evento, Dent chamou atenção para mudanças no processo de fabricação focadas na preservação do meio ambiente. Ele cita como exemplo a adição de ar na produção de plásticos – diminuindo, portanto, a quantidade de plástico de cada peça; e a substituição de laminados metálicos por tintas metálicas em embalagens, o que facilita, segundo ele, a reciclagem. Há ainda um software que mede exatamente a quantidade de material necessária para dar resistência e durabilidade a um produto.

Segundo Dent, o uso de materiais sustentáveis pode ser uma resposta aos desafios econômicos da atualidade garantindo fornecimento de matérias primas essenciais, diminuindo o desperdício, gerando soluções mais baratas e incorporando materiais que eram considerados inúteis. Entre as empresas presentes nesta feira que desenvolvem esse tipo de solução estão a Bendheim Glass, IceStone, Lhostsky, Omnidecor Spa, Richlite, Sadlestone, Seclay Precision Stone Inlays e a Shapeways, que fabrica produtos de designers independentes digitalmente em impressoras 3D.

A organização da feira prevê a visita de 24 mil arquitetos, empresários, fabricantes, distribuidores, designers, jornalistas e estudantes aos mais de 500 participantes nas áreas têxtil, de móveis contemporâneos, pisos e revestimentos, cozinhas, banheiros e iluminação para projetos residenciais e comerciais.

Topo