Casa e decoração

Exposição de paisagismo em Londres acumula 149 anos de histórias

Luke MacGregor/Reuters
Moça sente o perfume das rosas criadas em homenagem ao Príncipe William e à Duquesa Catherine, durante o Chelsea Flower Show, em Londres, Inglaterra (23/05/2011) imagem: Luke MacGregor/Reuters

Da Redação

A mais tradicional exposição de paisagismo da Inglaterra, o Chelsea Flower Show, acumula quase 150 anos de história e paixão pelas plantas. O evento que acontece no Royal Hospital, Chelsea, em Londres, de 24 a 28 de maio, é organizado pela Royal Horticultural Society (RHS) e apresenta projetos paisagísticos em quatro categorias: “Artisan”, “Urban”, “Show” e “Generation”.

Criada em 1862, a mostra “Chelsea Flower” era chamada nos primeiros anos de “Great Spring”, por acontecer no início da primavera européia. Desde o século 19 apresentava flores, mas tinha lugar em Kensington, Londres. Em 1912 ganhou o nome atual por ter se “mudado” para as adjacências do Royal Hospital no bairro de Chelsea.

Além dos ambientes, há a apresentação de novas espécies de plantas, como a rosa criada pela David Austin Roses, uma empresa britânica especializada nesse tipo de flores, e que homenageia o casamento real entre o Príncipe William e a Duquesa Catherine.

A mostra reúne milhares de visitantes nos quatro dias em cartaz. De renome internacional, o evento recebe a visita de celebridades como as atrizes Helen Mirren e Gwyneth Paltrow, além da Rainha Elizabeth II e outros membros da Família Real Britânica.

Topo