Casa e decoração

Conheça os objetos curiosos criados em uma das principais escolas de design do mundo

Design Academy Eindhoven
Pop-its, bonecos feitos a partir de roupas usadas, criados pelo designer Kevin Caboor , da Design de Eindhoven, na Holanda imagem: Design Academy Eindhoven

MARA GAMA

Colaboração para o UOL

Soluções inspiradas, projetos provocativos, proposições para a mutante vida urbana, inclusão social, instrumentos de trabalho e para a cidadania, novas ideias para o prazer, preservação da natureza. Estes são alguns dos temas em torno dos quais se movem os trabalhos dos alunos da Academia de Design de Eindhoven (DAE), da Holanda, na exposição de 2011.

As exposições dos alunos da DAE já fazem parte do circuito internacional. As mostras acontecem no mesmo período da Semana do Design Holandês, o que favorece a visita de gente do mundo todo, e a escola prepara apresentações de trabalhos e seminários também durante o Salão Internacional de Design de Milão, na Itália.

Este ano, a exposição foi intitulada “Our Way” (“nosso caminho”, em tradução literal), reuniu 173 projetos e atraiu cerca de 30 mil pessoas em nove dias, no fim de outubro.

Segundo a curadora da mostra e professora Ilse Crawford, os projetos mostram como o design pode formatar e propor novas necessidades, respondendo a mudanças de valores e padrões de comportamento.

A escola de Eindhoven

A DAE é conhecida com uma das mais importantes escolas de design do mundo. Passaram por ali representantes das vertentes mais interessantes do design holandês, como Hella Jongerius, Maarten Baas e Tord Boontje.

Curiosidade, abertura, consciência social e visões do futuro são valores pedagógicos. Além de um currículo diferenciado, a DEA está na cidade considerada o centro do design industrial da Holanda.

Ela nasceu em 1947. Tem curso de graduação e mestrado, e uma divisão de disciplinas que favorece a experimentação e o desenvolvimento de projetos individuais, sempre levando em conta a perspectiva humanista, pensando nos usuários dos produtos e serviços.

Após o primeiro ano na DAE, o aluno escolhe um dos oito departamentos, todos chefiados por designers ou artistas - Lazer, Comunicação, Mobilidade, Identidade, Bem-estar, Espaço público, Atividade e Modo de vida. Tem aulas teóricas e um intenso trabalho de projeto, em oficinas, laboratórios e ateliês.

Topo