Decoração de ambientes

Papéis de parede e tecidos são opções à pintura. Renove o ambiente com revestimentos duráveis

Getty Images
Papéis e tecidos para a parede são opções para a personalização de ambientes e uma alternativa à pintura imagem: Getty Images

Daiana Dalfito

Do UOL, em São Paulo

Paredes brancas, bem brancas. Seguidas por outras coloridas, clarinhas. Substituídas por cores mais fortes e texturas e... você enjoou de tudo. A casa precisa de outra cara, um novo tom, mas as ideias se esgotaram nos galões de tinta, até que uma lembrança surge: papeis e tecidos de parede!

Sim, eles voltaram (se é que um dia foram esquecidos de vez) e estão mais populares, tecnológicos e plurais: vale flores, geometrias, listras. Um minuto: papéis e tecidos não são superdifíceis de instalar e manter?  Não vão desbotar em dois tempos?  Bem, na verdade, não.

A empresária Anna Christina Dias, gerente da marca Celina Dias, afirma que o redescobrimento do papel de parede pelo público segue em paralelo a um grande investimento dos fabricantes em tecnologia e design propriamente dito. “As pessoas vem descobrindo que é tudo muito fácil, desde a escolha de um padrão até a contratação de um profissional qualificado para a aplicação do papel”, conclui.

Em contrapartida, a empresária radicada em Buenos Aires, Miranda Green, representante de 25 marcas internacionais de papéis e tecidos para paredes, aponta o “fato de transformar o ambiente em muito pouco tempo e quase sem sujeira” como tentador aos que desejam “empapelar” os cômodos de casa.

Refinados e duráveis (até demais)

Com um público mais fiel, os tecidos mudaram de “cara” nos últimos anos. Para o designer Fabrizio Rollo, as tramas criam um “chic absoluto na decoração” e oferecem conforto visual. Mais sofisticados que os papéis, acredita, os tecidos oferecem um resultado final “menos duro”, uma compensação aos custos mais elevados.  “Tecidos são capazes de transformar um ambiente, sem demandar grandes reformas estruturais”, acrescenta a designer Mariana Pessini, sócia-fundadora da Casa Rima.

Além do poder plástico, a durabilidade dos revestimentos em relação à simples pintura também é uma das vantagens apontadas pelos profissionais do setor.  Com aplicação mais trabalhosa, o tecido pode ser ainda mais resistente à ação do tempo, o que acaba levando ao desejo de renovação antes mesmo que o material desgaste.

Se animou? O UOL Casa e Decoração preparou um roteiro da escolha da estampa à manutenção para te ajudar a dar nova vida às paredes da sua sala, quarto, cozinha...  ou banheiro! Confira.

Topo