Decoração de ambientes

Peças únicas, antigas e originais: invista em objetos 'vintage'

Leonardo Soares/ UOL
Para decorar, aposte em um item vintage como a câmera fotográfica Ensign Selfix 820 (anos 1950) imagem: Leonardo Soares/ UOL

Karine Serezuella

Do UOL, em São Paulo

O objeto ou aparelho antigo - televisão, ventilador, rádio - em seu estado original ganha cada vez mais espaço em projetos de interiores. O design de um telefone italiano dos anos 1970 pode ser muito interessante, mas não necessariamente vai combinar com a ambientação da sua casa.  Entenda se estes itens se adequam ou não à decoração e aprenda a investir na estética vintage.

A palavra "vintage" designa na enologia o ano de uma colheita de uvas. No mundo da moda (e da decoração), é usada para definir peças antigas, que representam um estilo de uma época e que, no entanto, conservam seu estado original.

Existem lojas de antiguidades, empresas online e lojas que alugam esses objetos para cenografia, mas que também vendem este tipo de item para a decoração residencial e comercial. Entre os aparelhos antigos – máquinas de escrever, telefones, microfones –, há aqueles que foram restaurados e funcionam perfeitamente e aqueles que são somente decorativos.

O arquiteto Marcelo Rosset recomenda investir em detalhes vintage quando o projeto de interiores é contemporâneo. “Deve-se tomar cuidado ao usar em uma decoração muito clássica, porque há o risco de dar um ar antigo demais ao ambiente”, diz.

Dicas de como investir

- Antes de comprar, defina qual tipo de objeto está procurando: uma peça funcional ou somente decorativa. Pense onde irá colocá-lo e se atente às dimensões.
- Para que o objeto vintage se mantenha por um bom tempo em sua casa, observe com atenção a qualidade ao comprar e os cuidados para a conservação.
- Com criatividade, é possível dar uma nova função às peças, como reutilizar a base de uma máquina de costura antiga como uma mesa de canto.

Quando cria um contraste, a inserção de um objeto de outra época pode também dar um toque lúdico ou pop ao dècor. Para a proprietária da loja online Esquina do Tempo, Elaine Cristina Oliveira Moraes, além da capacidade de cumprir uma função prática, as peças imprimem um ar de sofisticação, nostalgia ou mesmo humor ao espaço.

O proprietário da loja Desmobilia, João Livoti, aconselha a não usar o item vintage em excesso, porque uma única peça em um ambiente moderno é suficiente para valorizar a decoração.

Topo