Vida em casa

Fim de festa: confira dicas para guardar os enfeites de Natal

Getty Images
Bolas de natalinas devem ser guardadas em caixas com divisórias para evitar danos e quebras imagem: Getty Images

Rosangela de Moura

Do UOL, em São Paulo

Muitas pessoas consideram um prazer decorar a casa para receber amigos e parentes nas festas de final de ano. O desafio, porém, surge após o fim das comemorações: como acomodar e guardar todos os enfeites até o próximo Natal?

Fato é que uma árvore bem recheada, os adornos das paredes, portas e mesas e até as luzes da fachada não podem ser simplesmente jogados em um canto do armário. Tais produtos precisam ser alojados em caixas e embalagens próprias para terem suas formas preservadas. 
A "personal organizer" Vera Corradi sugere começar a desmontagem do cenário pela árvore artificial e indica as embalagens e separadores do tipo colmeia para acomodar as bolas delicadas. “A maioria das bolas natalinas é vendida em caixas de acetato, todas juntas, mas na hora de guardar parece que crescem e não cabem mais”, comenta.
 
A recomendação da organizadora é comprar uma caixa e fazer as divisórias, circulares, hexagonais ou mesmo quadradinhas com papelão, do tamanho das bolas, para que estas fiquem separadas. E, caso a caixa seja alta, podem ser feitas duas ou mais prateleiras com base de papelão. Uma dica é criar encaixes entre os separadores, com cortes simples no acartonado, para que eles se mantenham no lugar. “Já para as bolas pequenas, uma caixa excelente é o porta-ovo. Pode ser o de isopor, o de acetato ou até o de papel”, indica.
  • Getty Images

    Galhos das árvores artificiais devem ser guardados separadamente para evitar enroscos ou embaraços

 
Por sua vez, os galhos da árvore devem ser ensacados um a um. Isso facilita na hora de remontar, pois eles não se entrelaçam. Feche a árvore e guarde-a na própria embalagem. Caso não a tenha reservado, uma caixa de papelão ou polipropileno nas dimensões correspondentes à estrutura do enfeite dão conta do recado.
 
Luzinhas
 
Quanto às luzinhas, estas sim, dão trabalho. Antes de organizar os cordões e mangueiras, atente-se: guarde apenas as que ainda funcionam perfeitamente, o conserto desses pisca-piscas dificilmente compensa ou pode ser realizado. Na hora de armazená-las, providencie tubos de papelão – como os que sustentam o papel-toalha - e enrole delicadamente as luzinhas para que elas não embaracem. 
 
Depois coloque o conjunto em um saco de papel-bolha para uma maior proteção. Cada série de luzinhas deve ficar em um rolo a parte. Coloque os rolinhos embalados todos juntos em uma única caixa e etiquete. Aliás, essa recomendação serve para todos os itens: cada acessório deve ser guardado separadamente e sinalizado.
 
Para não estragar
 
Segundo Corradi, em casas de artesanato é fácil encontrar sachês de sílica gel dessecante, que devem ser colocados nas caixas para evitar a umidade. Na hora de guardar os organizadores, escolha um lugar seco e onde os itens estocados não vão se tornar um estorvo durante o ano. Normalmente esses objetos e acessórios são armazenados em um maleiro, depósito ou despensa.
 
As guirlandas e outros enfeites usados na área externa também devem ter sua caixa própria. O recomendado é não tentar aproveitar espaços nos organizadores para acomodar acessórios diferentes. Procure utilizar organizadores com tamanhos específicos para o que se pretende guardar, não deixando sobrar vãos e, evitar assim, que os objetos se desloquem. “Hoje as caixas são tão bem acabadas e revestidas que podem ser usadas para completar a decoração da casa”, orienta a arquiteta Danielle Cortez.
 
  • Divulgação

    Pinheiros e tuias naturais, para durar por mais de um Natal, devem ser comprados com raízes

Árvore natural
 
O segredo da conservação do pinheirinho e das tuias vivas está na escolha correta na hora da compra. A designer de interiores Natália Meyer recomenda floriculturas ou "garden centers" que vendam as espécies plantadas com a raiz e alerta: preste atenção, as folhas precisam estar viçosas.
 
A engenheira agrônoma Angela Rossi conta que, para manter as tuias e os pinheirinhos bonitos e sadios por um ano todo, estes devem ser colocados em um local onde recebam bastante sol. Se as plantas forem deixadas dentro de casa, a recomendação é dar preferência aos espaços próximos a portas e janelas, para que recebam ventilação e luz por algumas horas do dia.
 
Outra dica fundamental é regar o suficiente para manter a terra levemente úmida, mas não encharcada. É preciso ainda evitar objetos e enfeites muito pesados. O uso de luzes e pisca-piscas, por sua vez, deve ser moderado, pois o calor das lâmpadas pode queimar as folhas das plantas. “Seguindo essas dicas, a árvore natural permanecerá bela e vigorosa por mais tempo”, afirma Rossi.
Topo