Decoração de ambientes

Refresque a casa com capas para sofás e almofadas veranis

Divulgação
Tecidos leves e coloridos ajudam a "refrescar" sofás, poltronas e almofadas nos dias de calor imagem: Divulgação

Maria Rita Fava

Do UOL, em São Paulo

Ótima alternativa para mudar a cara do ambiente, as capas para sofás, poltronas e almofadas são também funcionais, já que protegem a mobília de eventuais acidentes e sujeiras. Neste verão, arquitetos e designers de interiores sugerem a cor esmeralda como a grande tendência, mas não descartam que a estação quente sempre combina com tonalidades vivas, que dão mais frescor à sala. Tatiana Silva, gerente da mineira Casa América, indica como opções de matizes: verde limão, laranja, mostarda, vinho e vermelho.

De acordo com a arquiteta Daniella de Barros, do escritório DP Barros, além de investir nas cores, no verão vale a pena empregar padronagens alegres, sejam elas florais, geométricas ou lisas. "Os tons turquesa, berinjela e verde com branco estão em alta. O ideal é usar almofadas coloridas em composições com as de uma cor só, para não sobrecarregar o espaço. A combinação de sofá neutro com almofadas mais ousadas é a mais utilizada, mas vale inverter a equação", ensina.


Quanto aos tecidos, a arquiteta Valéria Beer Dini, da Unique Mood, fabricante para aplicação em decoração, descarta os impermeáveis e o couro ecológico como opções para a época mais quente do ano. "Por não terem 'poros', ambos se tornam desconfortáveis, porque fazem com que transpiremos mais. Dessa forma, o ideal é aplicar os tecidos teares compostos de urdume (longitudinal) e trama (transversal), que criam pequenas aberturas pelas quais o ar consegue fluir."

Ao contrário do que se pensa, o veludo também pode entrar em cena no verão. "Existe um preconceito de que o veludo é quente, em função inclusive de como ele é aplicado na moda. Mas algumas marcas de 'beachwear' já apostaram no tecido, justamente para desmitificá-lo", explica. Algodão e linho, porém, continuam sendo os preferidos.

Cuidados

De Barros aconselha trocar as capas ao menos uma vez ao ano. "No verão, é bom ter disponível um par de capas para cada móvel, para que seja possível usar uma enquanto a outra está sendo higienizada", aconselha. Para aumentar a durabilidade das peças, a recomendação é de que a lavagem seja feita em água na temperatura ambiente, com sabão neutro e seco e a secagem seja à sombra.

"A periodicidade depende da intensidade do uso. Atenção aos tecidos: verifique se podem ser lavados na máquina, se não correm o risco de manchar ou encolher. Além disso, algumas fazendas como seda e chantum precisam de lavagens especiais, para resguardar as fibras."

Passo a passo para vestir a capa de sofá

1 - Observe a dimensão das capas: a etiqueta de identificação "dois" ou "três lugares" encontra-se no na porção do tecido que irá revestir o braço direito do sofá, olhando pela parte traseira;
2 - Vista primeiro o encosto do sofá;
3 - Em seguida, recubra o assento e a parte frontal do estofado;
4 - Faça os ajustes finais, empurrando as sobras de tecidos entre o assento e o encosto, dando o seu toque pessoal

(Fonte: Tatiana Silva, gerente da mineira Casa América).

Topo