Construção e reforma

Museu reúne casas suíças desde o século 14 e cria "mundo paralelo"

Divulgação
Típica casa italiana da região de Ticino, na Suíça, exposta no Swiss Open-Air Museum Ballenberg, em Brienz imagem: Divulgação

Eduardo Vessoni

Do UOL, na Suíça*

Caminhar pelas trilhas de cascalho do Swiss Open-Air Museum Ballenberg, em Brienz, é ter a sensação de conhecer as "várias Suíças" de outras épocas em um único endereço. Localizado no Cantão de Berna, este museu a céu aberto ocupa uma área de 66 mil metros quadrados, onde repousam mais de cem residências e construções rurais que foram desmontadas em seus locais de origem para serem expostas neste espaço rodeado pelas montanhas alpinas.

As casas datam dos século 14 ao 19 e estão divididas de acordo com os cantões (estados) deste minúsculo país da Europa. É possível entrar nas residências  em uma viagem nostálgica ao modo de vida de fazendas antigas, cabanas simples de bairros operários, oficinas de artesãos e moradas burguesas. 
Todavia, talvez a edificação mais interessante de se visitar seja uma casa datada de 1336. Considerada uma das construções de madeira mais antigas da Suíça, a residência descortina aos visitantes suas diversas camadas de revestimentos para paredes e sistemas de serviços, como um banheiro incorporado ao corpo construtivo principal e uma passagem de alimentos para enfermos, usada durante períodos de peste na Europa.
 
Disney dos Alpes
Esta espécie de Disney dos Alpes abriga casas originais de 13 diferentes regiões do país e reproduz uma variedade cultural influenciada por diferentes culturas, como a italiana e a alemã. Mais do que um museu com acervo estático voltado para as tradições do passado, o Swiss Open-Air Museum Ballenberg se transforma em história viva. Isso porque, os exemplares arquitetônicos em exposição são ocupados por atores que reproduzem hábitos da época, como a fabricação de queijos e de outros produtos campestres de maneira artesanal, a produção de artesanato e o preparo de pães.
 
O acervo conta com casas de pedra, residências cobertas com telhado de colmo e (claro) as típicas casinhas de estilo alpino. Para reforçar o cenário rural que se abre diante dos olhos, bem aos pés dos Alpes, mais de 250 animais são mantidos nos pastos, estábulos e granjas localizados no museu. Fundado em 1978 com apenas 16 exemplares da arquitetura suíça, atualmente o museu recebe cerca de 250 mil visitantes anuais.
 
Serviço - Swiss Open-Air Museum Ballenberg
Onde: Museumsstrasse, 131 (Hofstetten bei Brienz, Suíça) 
Outras informações: www.ballenberg.ch
 
* O jornalista viajou a convite do Switzerland Tourism (www.myswitzerland.com)
Topo