Últimas de Estilo de vida

Apê de US$ 75 milhões é 'joia' cobiçada junto ao Central Park, em NY

Robin Finn

The New York Times, em Nova York

A cobertura triplex da torre sul, considerada ‘a joia da coroa do San Remo’ - as torres gêmeas do arquiteto húngaro Emery Roth (1871-1948) e ponto de referência quando se está no Central Park - entrou no mercado pela primeira vez em 25 anos. O preço pedido pela residência é de US$ 75 milhões, uma quantia que, se alcançada, estabelecerá um recorde para os negócios do Upper West Side e quebrará o recorde de US$ 26.4 milhões alcançado pela venda de outra unidade no edifício, no ano passado.

A vendedora é famosa: a atriz Demi Moore, que comprou a cobertura juntamente com seu ex-marido Bruce Willis, do produtor de “Embalos de Sábado a Noite”, Robert Stigwood, em 1990, quando também adquiriu o dúplex (incluso na venda).  A taxa de condomínio para a cobertura no 28º andar - que tem cerca de 700 m², além de 150 m² de terraços e vista panorâmica para o parque, o rio Hudson e a cidade - é de quase US$ 18 mil. O valor é acrescido em cerca de US$ 3 mil, por conta do dúplex conjugado.

O San Remo está localizado no número 145-146 do Central Park West, entre as ruas 74 e 75, e foi projetado em 1929 por Roth, muito conhecido por seus interiores graciosos com escadas curvas, molduras intrincadas e azulejos com padrão entrelaçado. O prédio, com seus elementos terracota, saguão de mármore e torres gêmeas distintas, culminando em “pináculos” em estilo renascentista estruturados por colunas coríntias e coroado por lanternas de cobre com 6,7 metros de altura, foi inaugurado em 1930.

Em 1972, o San Remo tornou-se um edifício ‘cooperado’ e, apesar de Madonna ter sido rejeitada pelo conselho, abriga outros residentes de peso como Dustin Hoffman, Diane Keaton, Steven Spielberg e, claro, o até então casal, Demi Moore e Bruce Willis. “Olhamos tudo no parque, Quinta Avenida, Central Park Sul e Central Park West e não havia nada parecido. A localização, arquitetura e história do San Remo estavam em um nível completamente diferente”, escreveu a atriz em um email.

Reforma e venda

Moore e Willis, que foram casados entre 1987 e 2000 e tiveram três filhos, instalaram janelas novas e mais grossas em todos os cômodos. Eles também reformaram os interiores das duas unidades (cobertura propriamente dita e dúplex), que foram dominados pela madeira de cerejeira. A sala principal tem mais de seis metros de fachada com vista para o Central park e seu lago dos barcos e uma lareira revestida de madeira e cerâmica.

No canto sudeste, uma biblioteca com 24 m² conserva a moldura do tipo ‘roseta’ original e os rebaixos de gesso no teto. Descrito como um potencial sexto dormitório, o cômodo conserva o banheiro de suíte original, assinado por Roth. A sala de jantar com 35 m² está voltada para o sul e tem um enorme lustre de cristal, rodeado por uma moldura circular. Enquanto a cozinha, com vista para a ponte George Washington, conta com ilha central com tampo de pedra, refrigerador duplex Sub-Zero & Wolf e um fogão italiano Viking.

Na sala que fica no 28º andar, o pé-direito tem quase cinco metros e as portas de vidro dão acesso ao terraço. No mezanino, há um loft com banheiro completo e minicozinha. Os terraços que envolvem a cobertura são revestidos de ardósia e o terraço principal medindo seis por sete metros é voltado para o oeste.

A Adam D. Modlin, o presidente do Modlin Group, que está lidando com o anúncio da casa para Moore, a atriz disse: “Estou gastando a maior parte do meu tempo em minhas outras casas e este apartamento é muito magnífico para não ter alguém que viva nele em tempo integral”. Demi optou por não completar uma ambiciosa reforma na suíte máster e já não ocupa a cobertura há vários anos.

Para determinar o preço de venda, Modlin considerou recentes negócios residenciais na 960 Fifth Avenue, 834 Fifth e 740 Park, todos com valores que giram em torno de US$ 70 milhões ou mais. “Em comparação com os outros imóveis icônicos no perímetro do Central Park, simplesmente não há nada como esta cobertura. É a residência grandiosa na torre sul, a que fica acima de todas as outras, uma mansão nas nuvens”, afirma. Somente um vizinho compartilha da mesma vista, mas ele está a uma torre de distância em seu próprio universo paralelo:  é Bono Vox, o vocalista da banda irlandesa U2.

Tradutor: Melissa Brandão (tradução) e Daiana Dalfito (edição)

Topo