Casa e decoração

Cuidados simples fazem roupas se manterem novas até o próximo inverno

Thinkstock
Certifique-se de que as roupas de inverno estão limpas e secas antes de guardá-las imagem: Thinkstock

Juliana Nakamura

Colaboração para o UOL, de São Paulo

A chegada da primavera (e do calor) é um sinal de que todas aquelas peças que garantiram sua sobrevivência no inverno podem voltar para o armário. Mas você sabe como guardar edredons, cobertores, casacos pesados e itens de lã para que eles fiquem intactos até a próxima temporada de frio? Sabemos que dúvidas como "é melhor lavar agora ou quando for usar na próxima estação?" acabam surgindo. Por isso, a reportagem do UOL Casa e Decoração conversou com alguns especialistas em organização doméstica em busca de dicas e orientações para ajudar nessa tarefa.

Getty Images
Separe as roupas que não usa mais: você vai ganhar espaço e pode doa-las imagem: Getty Images
Por onde começar?

Antes de partir para a arrumação, a melhor estratégia é aproveitar para selecionar o que merece ser guardado. Se algum item não foi usado neste inverno e no anterior, repense: a peça ficou no guarda-roupa por falta de frio/oportunidade de uso ou é hora de se desfazer e liberar o espaço?

Uma vez definido o que será guardado, cheque se tudo está bem limpo e seco, pois guardar peças usadas é sinônimo de dores de cabeça. A umidade contida nas fibras pode gerar bolor, mau cheiro e acentuar manchas que acabam se tornando difíceis de remover.

Getty Images
Giz de lousa é perfeito para absorver umidade: basta colocar em um saquinho imagem: Getty Images
Livre de umidade

O controle da umidade é, sem dúvidas, o aspecto mais crítico da arrumação. Por isso, redobre a atenção sobre a secagem das peças e aproveite os dias mais quentes e secos para arejar o armário. Basta abrir as portas e mantê-las assim por algumas horas, aproveite e mude os cabides de lugar para ajudar na circulação do ar.

Outra ação interessante é distribuir bolinhas de cedro pelas prateleiras e gavetas, especialmente, se o móvel for propenso ao acúmulo de umidade e/ou ao aparecimento de traças. A madeira funciona como um desumidificador, pois absorve a umidade e, com isso, combate o ambiente propício para os insetos e fungos. A indicação é usar de duas a três unidades para uma gaveta (30 cm x 40 cm) e substituir assim que a superfície mudar de cor ou desbotar.

Thinkstock
As embalagens a vácuo são uma boa opção para quem não tem espaço imagem: Thinkstock
 Como guardar?

Um erro comum na troca da estação é levar os cobertores para a lavanderia e depois guardá-los nos sacos plásticos em que são entregues. Como o material retém umidade, a recomendação é substituir os invólucros por outros feitos - ao menos parcialmente - com tecido não tecido (TNT). Tal material permite que as peças "respirem".

Para quem sofre com falta de espaço, uma alternativa é usar as embalagens a vácuo, sempre bem vedadas. Como a retirada do ar diminui o volume, o método otimiza a área disponível, o que pode ser útil para quem vai guardar roupas dentro de malas ou baús. Neste caso, porém, coloque um desumidificador "caseiro" (por exemplo, um saquinho poroso com giz de lousa) dentro do pacote para garantir proteção extra.

Getty Images
Guarde jaquetas e casacos de couro em cabides largos e evite deformações imagem: Getty Images
Itens delicados

Na hora de armazenar as roupas de inverno, dedique atenção especial ao branco, aos tricôs e ao couro. As peças claras devem ser protegidas da luz para não amarelarem, por isso envolva-as em papel de seda ou TNT azul, para que a incidência de luminosidade seja bloqueada. Malhas, blusas de lã e tricôs precisam ser guardados sobrados, para evitar deformidades e, preferencialmente, protegidos por materiais que permitam o arejamento das tramas.

Os casacos de couro não podem ser armazenados em sacos plásticos. Antes de guardá-los, passe um pano levemente umedecido para retirar a poeira e coloque a roupa para ventilar, nunca diretamente sob o sol. Em seguida, aplique com um pano limpo um creme específico para hidratar couro e, após a secagem completa do produto, guarde-os no armário, pendurados em cabides com ombros largos, preferencialmente sob capas de TNT. Botas e sapatos devem ser mantidos em caixas, sempre com um enchimento de papel na parte interna dos pares, para evitar deformações. Para combater o ressecamento, engraxe-os antes de guardar.

Quando o inverno voltar...

Se as peças foram bem protegidas, não haverá necessidade de lavar tudo de novo quando o frio voltar. Basta deixar arejando à sombra por algumas horas antes de utilizar. Somente em caso de pessoas alérgicas, recomenda-se que os itens guardados por um longo período sejam novamente lavados antes do uso.

Fontes: Juliana Faria, personal organizer da YRU Organizer; Regiane Deppe, personal organizer da Organare; e Simone Serrano, personal organizer da Organizzarte.

Topo