Casa e decoração

Minha Casa Minha Vida 2 deve ter 400 mil contratações em 2011

Brasília - O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida 2 deve ter cerca de 400 mil unidades contratadas até o final de 2011, afirmou nesta quarta-feira a jornalistas o presidente da Caixa Econômica Federal, principal agente financeiro do projeto, Jorge Hereda.

A meta da segunda fase do programa é a contratação de 2 milhões de moradias até 2014.

Segundo Hereda, a primeira edição do programa -que teve pouco mais de 1 milhão de contratações- já concluiu a construção de 652 mil unidades, o que corresponde a aproximadamente 49 por cento das moradias contratadas nas duas fases.

Ele afirmou que das contratações feitas pela segunda fase do programa, apenas 10 por cento foram destinadas para pessoas que têm renda até três salários mínimos, cujo o financiamento é altamente subsidiado pelo governo.

"Vamos chegar até o final do ano em torno de 70 mil unidades (nessa faixa de renda)," disse Hereda depois de apresentar o balanço à presidente Dilma Rousseff.

Segundo ele, o balanço está dentro do esperado para esse ano, porque houve mudanças de regras e a operação do programa só começou no segundo semestre.

"Era esperado que num primeiro ano em que se reviu várias regras do programa, várias especificações, não dava para ter o mesmo desempenho que nós vamos ter a partir do ano que vem. Mas é um desempenho muito bom para esse ano," argumentou o presidente do banco.

O balanço divulgado por Hereda aponta ainda que 588,5 mil unidades estão em fase de construção e outras 120,5 mil devem ter sua edificação iniciada em breve.

(Reportagem de Jeferson Ribeiro)

Topo