Casa e decoração

Varejo de material de construção registra queda de 7% em outubro

São Paulo - As vendas de material de construção tiveram, em outubro, a primeira queda do ano, com redução de 7% em relação a setembro, conforme levantamento mensal realizado pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), em parceria com o Ibope. Em função dessa queda, a Anamaco reduziu a projeção anual de crescimento das vendas do setor de 6% para 5%.

Em relação a outubro do ano passado, as vendas ficaram estáveis. Em nota, o presidente da Anamaco, Cláudio Conz, informou que o comportamento do varejo surpreendeu, pois outubro é, geralmente, um dos melhores meses para o setor. A greve dos bancos, que reduziu a quantidade de dinheiro circulante, foi uma das principais causas do desempenho de outubro.

Também em nota, o presidente da Anamaco disse acreditar que, com a aproximação do fim do ano e a chegada do décimo-terceiro salário, "o aumento no número de reformas será significativo". Em 2010, as vendas do varejo de material de construção cresceram 10,6%, para o recorde de R$ 49,80 bilhões.

(Chiara Quintão | Valor)

Topo