Casas

Casa de 680 m² possui vista privilegiada para a paisagem serrana e iluminação abundante

O traçado contemporâneo e marcadamente horizontal dessa residência erguida em Campos do Jordão (SP), em plena Serra da Mantiqueira, destaca-a naturalmente do entorno de construções com telhados agudos, de referências rurais europeias. Projetado pelos arquitetos Henrique Reinach e Maurício Mendonça, o refúgio de fim de semana de uma família paulistana foi construído em concreto -- deixado aparente em grande parte das paredes externas e em algumas internas -–, alvenaria, vidro, pedra e madeira. Sua implantação, voltada para o nascente, no ponto mais alto ao fundo do lote (em aclive e com área de 2.088,56 m²), propiciou não apenas luminosidade e insolação adequadas, mas também as belas vistas que a paisagem serrana oferece. A parte mais baixa do lote foi ocupada por uma quadra de tênis, esporte preferido dos proprietários.

O projeto da residência, que tem 680 m² de área construída, pedia amplos ambientes de estar e jantar, cozinha e churrasqueira integradas, seis suítes destinadas ao casal, filhos e hóspedes, sala de jogos, garagens, área de serviços e dependência para caseiros, além de grandes pátios e varanda com SPA. Para que todos os ambientes pudessem ficar expostos aos raios do sol e com vistas voltadas para o entorno privilegiado, foram desenvolvidos três níveis. Ao invés de projetar todos os dormitórios em um único pavimento, os arquitetos optaram por colocar dois a cada piso, junto com ambientes de uso comum.


Uma caixa de formato retangular em concreto aparente define o corpo principal da casa - o nível intermediário -, que está integrado ao exterior através de grandes aberturas envidraçadas. Esse piso pode funcionar como uma casa independente, pois reúne, além da grande suíte do casal, todos os espaços sociais, formados pelo living, jantar, cozinha e churrasqueira, abertos para um amplo terraço. E em continuidade, foram implantadas ao fundo, as áreas de serviço e de moradia de caseiros.  

No nível inferior foram projetados os dois dormitórios de hóspedes e o salão de jogos, de frente para a varanda com SPA. Nesse piso fica ainda a garagem, situada ao lado da entrada social, com a escadaria que leva aos andares superiores. O terceiro pavimento foi projetado como uma cobertura, e é ocupado pelas duas suítes dos filhos e terraço.

Com estrutura de concreto aparente, as paredes externas receberam revestimento de pedra são tomé junto ao solo, enquanto o volume da cobertura foi revestido de madeira cumaru. Os interiores dos ambientes sociais têm piso e forro de madeira cumaru, com portas duplas de correr de vidro e madeira nos dormitórios, e apenas de vidro, nos ambientes sociais. No salão de jogos, dotado de lareira, o concreto aparente foi mantido no forro. Os pisos dos terraços e varandas foram revestidos com pedras são tomé. (Éride Moura, colaboração para o UOL)

Ficha técnica

Residência Campos do Jordão, Campos do Jordão (SP)

Projeto de Reinach Mendonça Arquitetos Associados

Detalhes do projeto
  • Área do Terreno 2.088,56 m²
  • Área Construída 680 m²
  • Início do Projeto 2007
  • Conclusão da Obra 2009
  • Projeto Henrique Reinach e Maurício Mendonça
  • Equipe Denise Hino
  • Colaboradores Ana Julia Sprovieri, Camila Benegas, Caterina Chippari, Fernanda Jozsef, Fernando Sunao, Flora Fujii, Humberto Buso, Lucas Padovani, Luciana Maki, Mauricio Metello, Rafael Costa e Rodrigo Nogueira.
  • Projeto de Paisagismo Grama e Flor Paisagismo
  • Projeto Estrutural - Concreto Benedicts Engenharia Ltda
  • Construção Claudio Arakaki
  • Projeto de Instalações Elétricas Pessoa e Zamaro
  • Projeto Luminotécnico Franco e Forte Lighting Design
Topo