Casas

Com vista para o mar: uma casa mediterrânea de 400 m² para chamar de sua

A baixa do dólar e o boom na economia estão possibilitando alguns excessos aos brasileiros, até realizar o sonho de ter uma casa na costa mediterrânea. A residência leva assinatura do escritório Cossu e Tedesco, formado pela brasileira Lilian Tedesco e o italiano Pier Paolo Cossu. A dupla participou da edição de 2011 da Casa Cor SP e, além dos trabalhos na Itália, atua na Alemanha, na França e por aqui também.

Este projeto localiza-se no noroeste da Sardenha, na Itália, em um condomínio luxuoso, no Parque Portobello di Gallura, área protegida ambientalmente, que possui acesso privativo à praia, além de um píer. A casa atende a um casal de industrialistas, naturais do norte do país, amantes da pesca esportiva, e que, há muitos anos, transferem-se para a ilha no verão.

Revestida de granito local, a casa remete às construções medievais e desponta ao longe, discretamente, entre as copas das árvores. Além de cumprir função estética, a rocha, natural da própria Sardenha, ajuda "a enfrentar os ventos que vêm do continente, como o Mistral (forte, frio e em geral seco, que sopra da França), e evitar problemas de manutenção", explicam os arquitetos. Outra medida de conforto foi utilizar alvenaria estrutural com isolamento térmico e tijolos especiais que funcionam como isolantes.

Prática e refinada

Distribuído em dois pavimentos, mais o terraço na cobertura, o projeto tirou partido do declive do lote, enterrando o piso inferior. Como o terreno era muito íngreme, a solução encontrada pelos arquitetos foi aproveitar sua largura ao invés do comprimento.

O coração da planta, com desenho simétrico, é o living no térreo, ladeado pelas suítes dos proprietários. Grandes portas de correr envidraçadas frontais e posteriores abrem-se para o parque e valorizam a vista para o mar, conectando o interior à paisagem, em um convite à paz e serenidade.

"Os clientes queriam uma casa prática, clean, confortável e refinada, com pouca variação de materiais e que fossem, de preferência, naturais", explica a dupla de profissionais, que compôs uma paleta de tons claros, como branco e bege, que reforça a atmosfera desejada pelo casal. A madeira teka e o carvalho costuram a arquitetura e aquecem os ambientes.

Madeira entalhada na forma de peixes e conchas, e outros temas marinhos espalham-se pela decoração, refletindo a grande paixão que os proprietários sentem pelo mar. Pudera, com vistas tão paradisíacas, qualquer um se renderia a tamanha beleza. (Silvana Maria Rosso, em colaboração para o UOL)

Ficha técnica

Casa , Sardenha, Itália

Projeto de Cossu & Tedesco Arquitetos

Detalhes do projeto
  • Área do Terreno 2000 m²
  • Área Construída 400 m²
  • Início do Projeto 2009
  • Conclusão da Obra 2010
  • Projeto Lilian Tedesco e Pier Paolo Cossu
  • Projeto de Paisagismo Cossu & Tedesco
  • Projeto Estrutural - Concreto Antonio Rosa
  • Projeto de Ar-Condicionado Benci e Paulesu
  • Projeto de Instalações Elétricas Mario Puggioni (elétrica e domótica)
Topo