Casa e decoração

Estantes e portas 'camufladas' dão identidade à reforma de apê com 320 m²

Silvana Maria Rosso

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Ao adquirir um apartamento usado em São Paulo, o casal na faixa dos 60 anos precisava adaptar o imóvel às suas necessidades: ela, fotógrafa e artista plástica, desejava um espaço para expor seus trabalhos e ele, psicólogo e professor, tinha que acomodar os 4 mil livros de seu acervo. O arquiteto Giancarlo Rocco recebeu a missão de tocar a reforma que já havia sido iniciada por outro escritório. "Quando assumi o projeto e a obra, já tinha sido feita a demolição da parede que dividia um dos dormitórios e os pisos haviam sido removidos", lembra.

O novo projeto previu a estante que agora ocupa a parede dupla do living, tem cinco metros de altura e acomoda as obras de arte da moradora. O móvel foi feito com tubos de metal e prateleiras de freijó maciço. Para atender ao pedido do marido, mais estantes: em uma das quatro suítes dez metros de paredes ganharam linhas de chapas de aço para comportar a infinidade de volumes. A reforma criou, ainda, duas estações de trabalho no generoso espaço do escritório. "As chapas foram cortadas a laser e a estante foi toda montada 'in loco'", Rocco explica, completando que a bancada em L foi feita com o mesmo material.

Ilusão de ótica

A entrada do apartamento tem várias portas "camufladas", dispostas como em um painel contínuo de laca branca com folhas pivotantes e sem batentes aparentes. Do outro lado do corredor, a ilusão se repete no volume do hall do elevador revestido com espelhos escuros, criando um grande cubo enfatizado pela iluminação.

O imóvel também ganhou novos pisos: na área social, assoalho de cumaru; na varanda, porcelanato (Portobello Beton Brule RT, 120 cm x 60 cm); e nas áreas íntimas, epóxi com aparência de cimento queimado. Neste ponto do apê, a suíte máster passou a ter, além do closet, uma sequência linear de armários (também espelhados) com mais de seis metros de extensão. Coerente da entrada ao local mais reservado, o apê ficou mais funcional e com a cara dos donos.

Ficha técnica

Apê Duo, São Paulo (SP)

Projeto de Rocco Arquitetura

Detalhes do projeto
  • Área Construída 320 m²
  • Início do Projeto 2014
  • Conclusão da Obra 2015
  • Projeto Rocco Arquitetos
  • Equipe Giancarlo Rocco, Renata Pedrozo e Simone Ferreira
  • Projeto de Arquitetura Giancarlo Rocco
  • Projeto de Decoração Giancarlo Rocco
  • Construção Ciampolini Rocco
  • Projeto Luminotécnico Giancarlo Rocco
Topo