Casas

Interação entre arquitetura e terreno cria uma nova paisagem em área agrícola devastada

Nogales, cidade na região chilena de Valparaíso, a 111 km de Santiago, vive da mineração e do agronegócio. Com algum patrimônio histórico (muitas obras ligadas à igreja católica) e atrativos naturais, Nogales vem fomentando investimentos em turismo, como forma de diversificar atividades e promover a qualidade de vida de seus cidadãos.Nesse contexto foi construída a casa Finger Joint, saída das pranchetas dos arquitetos do escritório chileno LAND Arquitectos, formado por Cristóbal Valenzuela Haeussler e Ángela Delorenzo Arancibia.

Os arquitetos relatam que o terreno disponível para implantação da casa era usado para atividades agrícolas. Era plano e estava degradado. Além disso, as melhores vistas ficavam ao longe, e não próximas ao ponto escolhido para construção.

Criar uma nova paisagem para a casa de veraneio era a um só tempo a solução e o objetivo do projeto. Para isso os arquitetos desenvolveram o conceito a que chamaram “finger joint”, no qual “finger” são os três volumes que compõe a casa e “joint” os pontos em que se unem. Valeram-se da própria interação da arquitetura com o terreno para criar essa nova paisagem, composta por pátios ajardinados e “vazios” para onde se voltam as aberturas da casa. As fachada principais projetam-se em direção aos pastos e vinhedos.

Essa “nova paisagem” assume funções, visto que os pátios verdes entre os blocos ajudam a ventilar e a baixar a temperatura dos espaços interiores, e ainda protegem a madeira que reveste a casa da exposição direta ao sol.

Com um total de 227 m², a casa Finger Joint foi construída com estrutura de madeira sobre fundação do tipo radier, e tem fechamentos duplos também de madeira. Seus recortes e amplas aberturas com caixilhos de alumínio permitem a contemplação das estudadas vistas criadas pelos arquitetos. (Simone Capozzi, editora de UOL Casa e Imóveis)

Ficha técnica

Casa Finger Joint, Valparaíso, Chile

Projeto de Land Arquitectos

Detalhes do projeto
  • Área do Terreno 1/2 hectare
  • Área Construída 277 m²
  • Início do Projeto 2008
  • Conclusão da Obra 2009
  • Projeto Cristóbal Valenzuela Haeussler + Ángela Delorenzo Arancibia
  • Construção Juan Vicencio
  • Cálculo Estrutural Manuel Ruiz
Topo