Casa e decoração

"Puxadinho chique": casa ganha escritório no 2º andar depois de concluída

Silvana Maria Rosso

Colaboração para o UOL, em São Paulo

O casal jovem de cineastas com planos de ter filhos desejava uma moradia ampla, mas essencial: o mínimo de ambientes – incluindo um escritório com entrada independente – e o máximo de área livre.

Em ligeiro desnível e com formato triangular, o terreno de esquina (520 m2deu base ao projeto com dois blocos ortogonais (dispostos em ângulo reto) sem exigir grandes estruturas ou movimentação de terra. A construção, planejada pelo escritório Metro Arquitetos, foi feita em duas etapas para que os moradores pudessem ocupar o térreo o quanto antes.

Sustentada por estacas escavadas, blocos e baldrames, a casa foi implantada no topo do lote e percorre a extensão da largura do terreno. Por estar elevado 45 cm do solo, o piso funciona também como um grande degrau para sentar, um banco para o jardim.

Em dois tempos

A primeira parte da construção é de concreto armado, com laje maciça e vigas invertidas. O fechamento do pavimento, que abriga a morada em si, é feito com concreto, vidro e madeira. Sua organização concentra em uma disposição em linha as áreas molhadas (dois sanitários, cozinha e lavanderia) e distribui de frente para o jardim a sala e os dois quartos.

Um ano depois de ocupada a casa, o volume superior ganhou forma: ele é o escritório e foi feito a partir de uma estrutura metálica com fechamentos em chapas de aço. "A escada é o elemento que une os dois espaços, está quase do lado de fora e cria a possibilidade de subir e descer sem que haja a necessidade de entrar na área íntima da família", explica o arquiteto Martin Corullon, um dos sócios da Metro Arquitetos.

Esteticamente, os balanços nas duas extremidades desta nova caixa e a fresta entre a viga do piso e a laje-cobertura acentuam a ideia de independência entre os volumes. O resultado é uma "casa-office" com 190 m2, espaços amplos, bem organizados e banhados com muita luz natural.

Ficha técnica

Casa LP, São Paulo (SP)

Projeto de Metro Arquitetos Associados

Detalhes do projeto
  • Área do Terreno 520 m²
  • Área Construída 190 m²
  • Início do Projeto 2012
  • Conclusão da Obra 2014
  • Projeto Metro Arquitetos Associados
  • Equipe Gustavo Cedroni, Martin Corullon e Anna Ferrari
  • Colaboradores Marina Ioshii, Luis Tavares, Bruno Kim e Alfonso Simélio
  • Projeto de Arquitetura Metro Arquitetos Associados
  • Projeto de Decoração Metro Arquitetos Associados
  • Projeto Estrutural - Concreto MK - Projetos Estruturais Ltda.
  • Projeto de Instalações Elétricas PKM (tecnologia em projetos) e Usina (consultoria em projetos)
Topo