Últimas de Estilo de vida

Reforma básica torna aconchegante o apê de 100 m², em SP

Karine Serezuella

Do UOL, em São Paulo

Quando o jovem proprietário do apartamento localizado na Vila Olímpia, em São Paulo (SP), resolveu reformá-lo, tinha bem definido o que esperava: um living aconchegante e, ao mesmo tempo, descolado. O projeto desenvolvido pela arquiteta Duda Senna, que priorizou a transformação da sala, de um banheiro e da suíte máster (ficando de fora os demais cômodos), deu nova cara ao antigo imóvel, hoje compartilhado pelo atual dono e mais dois amigos.

No projeto de reforma, a principal alteração prevista foi a retirada de uma banheira de hidromassagem instalada no banheiro próximo à sala de estar. O cômodo, antes pouco aproveitado e sem nenhuma ventilação, deu lugar a dois novos ambientes: um lavabo com acesso ao living e um closet interligado à suíte principal.

Bem resolvido

Filho de uma arquiteta, o dono do apê sempre esteve conectado ao universo da arquitetura e da arte: “Ele queria, por exemplo, usar o cimento queimado como um dos revestimentos e ter peças de mobiliário e objetos com design ' de primeira'”, conta a arquiteta Duda Senna. Assim, o acabamento cimentício foi aplicado na extensão da parede que divide living e cozinha, bem como na porta de entrada do lavabo, o que fez com que o equipamento fosse “mimetizado”. Para acentuar o acinzentado, todas as demais paredes foram pintadas com tinta acrílica branca.

Para os elementos dos ambientes sociais, a arquiteta elegeu uma paleta ajustada à casa habitada somente por homens: aplicados em objetos menores, cinza, preto e vermelho foram equilibrados pelos tons claros e amadeirados. O projeto também conseguiu aliar o conforto – primordial à área de convívio –, às peças de desenho contemporâneo e elaborado, tão desejadas e, nem sempre, convidativas nas horas de descanso. Os móveis básicos e funcionais como o sofá em L, a mesa de jantar com tampo de madeira e o painel do home theater foram contrapostos à marcante poltrona Womb, do finlandês Eero Saarinen, e às cadeiras Charles Eames Wood, projetadas por Charles e Ray Eames, com corpo orgânico em polipropileno e pés de madeira.

Prioridades

Como o morador não quis trocar o antigo piso do living (escondido por uma tapeçaria), a arquiteta o convenceu a fazer mudanças na iluminação do espaço que, até então, se resumia a um ponto de luz no teto. Desta forma, o forro foi rebaixado para a instalação de uma sanca e de um cortineiro que receberam focos embutidos. A proposta modernizou o ambiente e valorizou a mobília.

Por fim, na suíte máster, onde a cama ocupa boa parte da área, prateleiras foram penduradas em duas paredes para que livros e objetos fossem acomodados. 

Ficha técnica

Apê Vila Olímpia, São Paulo (SP)

Projeto de Duda Senna

Detalhes do projeto
  • Área Construída 100 m²
  • Início do Projeto Março/2012
  • Conclusão da Obra Julho/2012
  • Projeto Duda Senna Arquitetura & Decoração
  • Colaboradores LS Seletction, Oppa, Light Center, Le Design, Dpot, Sol & Art
  • Projeto de Decoração Duda Senna Arquitetura & Decoração
  • Projeto Luminotécnico Duda Senna Arquitetura & Decoração
Topo