Apartamentos

Reforma moderniza apartamento de 200 m² construído na década de 1970

Os apartamentos de décadas passadas tornaram-se famosos pelos amplos espaços que apresentavam. É o caso deste exemplar dos anos de 1970 construído pela Lindenberg na região dos Jardins, em São Paulo. Com 200 m², ele foi totalmente repaginado a partir do projeto da designer de interiores Marília Brunetti de Campos Veiga que atualizou o imóvel de acordo com o modo de vida contemporâneo.

"Procurei dar uma harmonia na decoração e proporcionar maior praticidade para os moradores", afirma a profissional. Assim, além de trocar materiais de revestimento de pisos e paredes, Marília Veiga providenciou a remoção de arcos e paredes arredondadas, o grande diferencial da época da construção. "Preferi refletir o espírito atual da família (casal jovem com um filho pequeno), por isso optei pelas paredes retas", explica a designer. A integração dos ambientes e a funcionalidade também foram fundamentais no projeto. Isso pode ser notado principalmente na ala social: no lugar da antiga sala de jantar foi instalado um agradável e aconchegante home theater que está num desnível acima do estar que divide espaço com a sala de jantar.

  • Arte UOL

    O apartamento tinha paredes curvadas e ambientes compartimentados. De acordo com
    as tendências atuais, a designer removeu as divisórias e retificou aquelas que restaram

Nesses espaços de convívio e lazer destaca-se o mix de materiais, como a madeira de demolição e o cimento queimado no piso, o espelho e o laminado que aparecem no mobiliário e o predomínio de tons neutros, como o cinza-fumaça da pintura das paredes e o cru dos sofás. Móveis assinados, como a mesinha Saarinen e a poltrona Diz, de Sérgio Rodrigues, se destacam no conjunto. O colorido é dado por quadros e tapetes.

A ala íntima também foi remodelada de modo a oferecer conforto a toda a família. O piso foi nivelado para dar maior amplitude à suíte do casal e os dois dormitórios separados por um banheiro para os filhos pequenos.  O lavabo teve sua área reduzida dando espaço para a instalação de um home office. "Considero essa obra ímpar, porque alia as virtudes da arquitetura do passado com as tendências mais atuais", reflete Marília Veiga. (Ledy Valporto Leal, colaboração para o UOL)

Ficha técnica

Apartamento colorido, São Paulo

Projeto de Marília Brunetti de Campos Veiga

Detalhes do projeto
  • Área Construída 200 m²
  • Início do Projeto junho de 2009
  • Conclusão da Obra dezembro de 2009
  • Projeto Marília Brunette de Campos Veiga
Topo