Últimas de Estilo de vida

Reforma suprime divisórias e cria espaços amplos, funcionais e contemporâneos em apê com menos de 70 m²

ÉRIDE MOURA

Do UOL, em São Paulo

Localizado no bairro de Higienópolis, área nobre de Porto Alegre (RS), este apartamento de 69,83m², no 14º andar, proporciona privilegiadas vistas para a cidade e para o rio Guaíba. A proprietária, jovem solteira e executiva de uma empresa multinacional, viaja sempre e tem a fotografia como hobby. Com o edifício ainda em obras, ela contratou o escritório Urbana Arquitetura - das gaúchas Cláudia Paupério Titton, Mariana Soldan Hugo e Taís Lagranha Machado -, para a criação de interiores funcionais, confortáveis e esteticamente agradáveis.

De acordo com as arquitetas, desde os primeiros contatos, a cliente se identificou com o estilo contemporâneo e casual, porém sofisticado. Laís Machado explica que, na primeira fase do projeto, com o apartamento ainda em obras, foi proposta a eliminação de paredes e, inclusive, do terceiro dormitório para reduzir a sensação de espaços compartimentados que a planta original apresentava. Isso resultou no aumento da área da suíte e na ampliação e integração das salas de jantar e estar.

Sociais associados

O projeto propôs, também, a interligação dos espaços do home office e do living, permitindo seu eventual fechamento através de duas grandes portas de correr que, quando abertas, ficam embutidas em um armário. Dessa forma, nos dias de casa cheia, o home office funciona como mais um espaço de convívio social.

  • Marcelo Donadussi/ Divulgação

    Detalhe da cozinha do apê em Porto Alegre (RS), que recebeu pastilhas roxas para quebrar o branco

Projetado em “L”, o armário que ocupa duas paredes deste amplo ambiente integrado funciona como estante do home office - com espaço suficiente para material de trabalho, livros, documentos pessoais, parte da coleção de CDs e DVDs – e, ainda, como expositor das fotografias da proprietária e de pequenos objetos trazidos das viagens, tanto no escritório como no estar. No limite entre os cômodos, próxima a uma grande janela, foi colocada uma poltrona Swan para leitura e para os momentos de relaxamento, quando a moradora pode apreciar a linda vista para o entorno.

Para não reduzir muito a altura do pé direito, o forro só foi rebaixado nos locais onde existiam vigas. O projeto de iluminação foi pensado de maneira a criar “cenários” variados: além da iluminação geral, há uma indireta para valorizar os quadros e outra mais intimista.

Móveis, cores, tecidos

Cores neutras - branco e cinza - foram escolhidas para as paredes e móveis de marcenaria, em laca e laminado de madeira. A ousadia ficou por conta dos detalhes em tecidos aplicados em almofadas, pufes, paredes e portas dos armários, seja na área social ou no quarto.

Para os móveis da cozinha, lavanderia, dormitórios e banheiros o projeto optou pelo uso de melamina branca, que facilita a limpeza e a manutenção, além de apresentar um custo menor. No tampo da pia da cozinha foi usado Marmoglass e no revestimento da parede, pastilhas, aplicadas apenas na faixa “molhada”, logo acima da pia até o fogão.

Os móveis do ambiente social tiveram seu investimento priorizado e receberam acabamento em laca. Por sua vez, o mobiliário do dormitório principal foi projetado sob medida, para aproveitamento total do espaço. A cabeceira funciona como baú e, sobre ela, foi instalado um armário aéreo. No espaço entre os dois optou-se por aplicar tecido estampado, assim como na porta de correr do roupeiro e nas almofadas.

Ficha técnica

Apartamento em PoA, Porto Alegre (RS)

Projeto de Urbana Arquitetura

Detalhes do projeto
  • Área Construída 69,83 m²
  • Início do Projeto Outubro de 2008
  • Conclusão da Obra Julho de 2010
  • Projeto Urbana Arquitetura
  • Equipe Cláudia Paupério Titton, Mariana Soldan Hugo e Taís Lagranha Machado
  • Colaboradores Bruna Caldas (estagiária)
  • Construção Cléber e Heber Rodrigues
Topo