Apartamentos

Reformado, apartamento dos anos 1960 mistura rusticidade e elegância em 185 m²

O despojamento e a elegância, com pitadas de rusticidade e temperados por algumas características da escola brutalista paulista, resultaram em um conjunto muito agradável e harmonioso após a reforma deste apartamento. Com 185 m² e construído em 1962, o espaço é um dos exemplares típicos dos imóveis de Higienópolis, bairro tradicional da capital paulista – amplos, com iluminação e ventilação abundantes e charmosos.

Para tornar o espaço adequado ao modo de vida do proprietário –profissional liberal amante das artes–, o arquiteto Gustavo Calazans, autor do projeto de reforma, procurou liberar os espaços de barreiras visuais e integrar os ambientes. A começar pela entrada, onde o hall foi eliminado, ficando o acesso ao elevador diretamente no living. Para diferenciá-lo, o profissional optou por pintá-lo em tom de vinho, o que sobressaiu em meio aos demais revestimentos e móveis em cores neutras.

As paredes que fechavam o antigo escritório também foram demolidas, ampliando, assim, o living, que passou a acomodar o piano de cauda do morador. Perto do instrumento, uma bancada de trabalho funciona como área de trabalho.

A sala de jantar foi instalada entre os dois terraços, numa ambientação rústica que contrasta e se harmoniza com a sala de estar e o espaço do escritório. Os ambientes recebem luz natural dos terraços e têm como destaque o tratamento especial de teto e parede, ambos descascados, deixando a estrutura de concreto aparente, assim como os tijolos que ganharam uma camada de nata de cimento, simulando o efeito de antigo.

Como a culinária é um dos "hobbies" do proprietário, o arquiteto preferiu retirar a porta da cozinha, ficando os ambientes totalmente abertos para que os amigos participem da preparação dos pratos.

A ala íntima também passou por algumas alterações. É o caso do lavabo, que foi dividido em dois, cedendo espaço para o banheiro de serviço e o quarto de hóspedes, que ganhou uma janela para área de serviço. (Ledy Valporto Leal, colaboração para o UOL)

Ficha técnica

Apartamento de 1962, São Paulo

Projeto de Gustavo Calazans

Detalhes do projeto
  • Área Construída 185 m²
  • Início do Projeto 2007
  • Conclusão da Obra 2008
  • Projeto Gustavo Calazans
  • Colaboradores Paula Mouzinho, Ana Higo, Martha Schoeler, Daniel Grisotto, Alexandre Kissakjian, Luciana Bello, Gabriela Miranda
  • Construção MTR Empreiteira
  • Gerenciamento da Obra Gustavo Calazans Arquitetura
  • Projeto Luminotécnico Gustavo Calazans arquitetura e Reka Iluminação
Topo