Casamento

Solteiro mais cobiçado da realeza, Albert 2º finalmente dirá 'sim'

Amedeo M.Turello/Palais Princier Monaco via Getty Images
Príncipe Albert de Mônaco anuncia noivado com a ex-nadadora sul-africana Charlene Wittstock (23/6/2010) imagem: Amedeo M.Turello/Palais Princier Monaco via Getty Images

Monaco, 27 Jun 2011 (AFP) -Com fama de mulherengo, Albert 2º de Mônaco, que aos 53 anos é o solteiro mais cobiçado da realeza europeia, finalmente dirá "sim, aceito" no próximo fim de semana, quando se casará com a ex-campeã de natação sul-africana Charlene Wittstock.

Membro da família Grimaldi, cuja vida é seguida de perto pela imprensa especializada na vida da nobreza, Albert 2º é o segundo filho do príncipe Rainier 3º e da estrela de Hollywood Grace Kelly, transformada em princesa após seu casamento, em 1956, e falecida em um trágico acidente de carro em 14 de setembro de 1982.

Esportista de destaque, Albert - que assumiu as rédeas do principado em abril de 2005, após a morte do pai -, sempre se mostrou um homem de aparência simples, moderno, tranquilo, que ouve os demais, mais acessível e menos "autocrata" que seu pai.

Albert 2º reivindica, ao mesmo tempo, uma "ética" e uma "honestidade" que aos seus olhos são indispensáveis para governar corretamente o principado.

Até o anúncio do seu noivado, em abril, era considerado um "solteiro convicto", mas aparentemente Charlene mudou seu destino.

"Eu me sentia bem nesta solteirice prolongada que me deu certa liberdade, mas fique tranquilo, vou me casar", confidenciou a um entrevistador, no fim de 2005.

Embora seja mais reservado e tímido que as irmãs Caroline e Stephanie, cujas histórias amorosas deleitaram a imprensa de fofoca, Albert também teve uma vida pessoal agitada, com dezenas de relacionamentos com atrizes e modelos.

Sobre ele circularam todo tipo de boatos, entre eles a homossexualidade, e teve seu nome associado a vários relacionamentos clandestinos.

De fato, o Príncipe tem dois filhos fora do casamento, uma menina e um menino, que reconheceu oficialmente após ascender ao trono, mas que, segundo a Constituição, não poderão sucedê-lo.

Jazmín Grace, 19, nasceu fruto do relacionamento com Tamara Rotolo, ex-garçonete americana que passava férias na Côte d'Azur. Alexandre, 6, resultou da relação com Nicole Coste, ex-aeromoça francesa nascida no Togo.

Ao contrário do seu pai e do seu avô, Luís 2º, o príncipe é um verdadeiro "filho do país", pois completou toda a sua escolarização no principado. Ele cursou universidade nos Estados Unidos, onde obteve diploma de Ciências Políticas no Amherst College, em Massachusetts.

O príncipe Albert se vangloria de ter recebido uma "educação liberal à americana", mas seu apego à França continua sendo profundo. Foi lá que ele cumpriu o serviço militar, na Marinha, a bordo do navio-escola Jeanne d'Arc.

Homem culto, Albert 2º adora falar em monegasco, uma língua de influência italiana e espanhola, e é bilíngue em francês e inglês. Seu amor aos esportes o levou a integrar a equipe local de 'bobsleigh' em cinco Jogos Olímpicos de Inverno e a participar do rali Paris-Dacar. Além disso, é faixa-preta de judô e se destacou em atletismo, handebol, tênis, squash e esqui.

Albert 2º também é um político e diplomata que quer desenvolver o pequeno, porém riquíssimo Estado que chefia desde 2005 e romper com a imagem de país considerado "paraíso fiscal", onde só moram banqueiros.

Em novembro de 2009, o soberano monegasco lançou um amplo projeto de extensão de Mônaco para o mar, o que permitirá criar um novo espaço econômico e imobiliário de 300 mil metros quadrados.

Seu outro campo de luta é o meio ambiente. "É preciso salvar o Mediterrâneo, que está seriamente ameaçado", afirmou, ao fazer 50 anos.

Após o sim, Albert sabe que estará consolidando o futuro do Principado, o segundo menor Estado do mundo, que sua família governa há sete séculos.

Topo