Casamento

Materialismo torna o casamento menos feliz, aponta estudo

Monalisa Lins/BOL
Modelos de noivinhos inusitados expostos da Cuka Art & Biscuit imagem: Monalisa Lins/BOL

Casais menos materialistas têm mais chances de viver casamentos mais felizes do que aqueles que pensam muito em riqueza e bens, informou um trio de pesquisadores americanos.

Em um estudo publicado nesta quinta-feira, a equipe liderada por Jason Carroll na Universidade Brigham Young, em Utah, explora o impacto que diferenças de valores podem ter no casamento. Estudos anteriores limitavam-se ao materialismo, e não abrangiam a importância que maridos e esposas dão a bens materiais.

A partir de informações colhidas de 1.734 casais, os pesquisadores concluíram que, mesmo entre pessoas que compartilham os mesmos valores, "o materialismo foi negativamente associado à qualidade do casamento".

"Casamentos em que os dois cônjuges disseram ser pouco materialistas eram melhores em vários aspectos quando comparados com uniões em que um ou ambos os cônjuges disseram ser muito materialistas", aponta o estudo.

Os casais materialistas também apresentaram formas menos eficientes de se comunicar, e mais negativas de resolver conflitos.

Segundo os pesquisadores, o estudo confirma a ideia de que os problemas financeiros de um casal são causados mais por questões de comportamento do que pela simples falta de dinheiro.

O estudo foi publicado na "Journal of Couple and Relationship Therapy", publicação para conselheiros matrimoniais e outras pessoas que trabalham com casais em conflito.

Topo