Casamento

Flores em casamento: veja como escolher as ideais para o seu

Divulgação
Na mesa de doces, o contraste entre romântico e rústico ganhou força com flores cor-de-rosa e a madeira imagem: Divulgação

MAYARA ALVES

Colaboração para o UOL

Ao chegar à recepção de um casamento, os arranjos florais são sempre os primeiros elementos que despertam a atenção dos convidados. São eles que definem o visual da festa. Por isso, todo cuidado é pouco quando o assunto são flores. Além da necessidade de estar em harmonia com toda a decoração, elas também precisam estar preservadas, com ar de que acabaram de ser colhidas.

Antes de eleger as espécies que irão alegrar a ambientação do grande dia, é preciso levar em conta uma série de fatores - e a disponibilidade de cada espécie em determinada estação é um deles. De acordo com Feijó Neto, decorador da Feijó Design que trabalha no ramo há dez anos, alstromélias, lírios, rosas e lisianthus são as flores mais procuradas para casamentos, pois podem ser encontradas durante o ano todo.

Além disso, o estilo dos noivos é outro quesito importante. “A recepção deve ser uma versão mais elaborada do que será a casa deles. Antes de definir, é indispensável procurar por referências em revistas e em sites especializados. Assim, é possível identificar o que há de comum em todo o material e, então, traduzi-lo para o que o casal deseja”, explica Silvia Planet, da Fleur d’Épices, uma das empresas convidadas para decorar um lounge do Bride Style, evento conhecido como a Fashion Week das noivas. “O local, o horário e o tipo de cerimônia também devem ser levados em conta antes da escolha final”, afirma Feijó.


 
Estilo em destaque
Se você está procurando por uma espécie que remeta ao clássico, pense nas rosas. Sozinhas, as rosas fazem o preço do arranjo subir bastante - se isso for um problema, é possível mesclá-las às alstromélias e às folhagens. Converse com o florista e peça para que ele escolha apenas flores de tonalidades próximas, para que a principal não seja ofuscada.

Além da rosa, as orquídeas também entram na lista dos tipos mais nobres. Os valores são variáveis e dependem do estilo dos arranjos e da época do casamento. Já para as decorações exóticas, Silvia Planet sugere as tropicais e até a flor de lótus. Silvia explica que é raro uma noiva procurar por essa espécie, mas conta que já organizou festas em que ela era a estrela da decoração.

Ai vem o verão
A decoradora Lidia Freixo, que trabalha especialmente com buquês, conta que não há limites quando se fala em arranjos florais, mas ensina que é preciso respeitar a época de cada flor. “Tulipas, por exemplo, são típicas do inverno. Portanto, têm pouca ou nenhuma duração em altas temperaturas”, avisa.

Ana Mafalda e Camila Whitaker, da Pema Flores, ateliê em São Paulo especializado em arranjos florais para ocasiões especiais, indicam algumas espécies: orquídeas, cravos, crisantemos, callas verdes, lírios e bocas-de-leão são resistentes, segundo elas. "Mesmo assim, é preciso ter cautela. É necessário hidratar as pétalas e manuseá-las com precaução. Caso contrário, nem as mais fortes suportarão”, diz Ana.

  • Divulgação

    Arranjo feito com rosas e folhagens


Tendências
Você já foi em um casamento onde as flores perderam espaço para as folhagens? Não se assuste, pois essa é uma das tendências do momento. A ideia é proporcionar um clima menos feminino à decoração, como se o homem também tivesse participado ativamente da escolha.

“Trabalhei desta forma em uma das mesas do Bride Style. É requintado e ecologicamente correto. Temos diversas folhagens durante o ano todo e acabamos não usando tudo o que poderíamos. Desta forma, não há desperdício”, explica Silvia, da Fleur d’Épices.

A chuva de prata voltou a aparecer. Além de ser mais barata, traz romantismo e delicadeza ao ambiente. “Ela oferece um tom onírico à festa”, diz Silvia. A lavanda também está na lista das mais procuradas, já que o estilo provençal está em alta. Nesse meio, é possível citar o estilo vintage, aposta de Feijó: “Iinvista nas cores fúcsia, terracota e amarelo”, explica.

Para Silvia, a decoração menos óbvia será a próxima eleita dos casais. "Fugir do convencional é o mais bonito”, afirma. Se você quer inovar, eleja arranjos de vários tamanhos e montados em vasos diferentes. O minimalismo – quando apenas um arranjo simples é colocado em um recipiente básico, sem texturas ou formas sinuosas – é uma tendência.

Sem imprevistos
Existem alguns tipos de flores que têm perfume excessivo. Isso pode ser um problema durante a celebração. Lírio, jasmim, goivo e narcisos são algumas delas. Silvia conta que uma forma de resolver o incômodo é usar essas espécies em pequena quantidade. Ana e Camila, da Pema Flores, indicam outra solução. Se o ambiente for fechado, aplique essas espécies em arranjos altos, já que eles não ficam muito próximos dos convidados. Ainda assim, é preciso misturá-las a opções sem cheiro.

Topo