Casamento

Especialistas dão dicas para você arrumar as malas para a lua de mel sem erros

Thinkstock
Saber coordenar as peças que vão na mala e se informar sobre o clima e o estilo do destino da viagem são as dicas para uma bagagem bem selecionada imagem: Thinkstock

MAYARA ALVES

Colaboração para o UOL

Se engana quem pensa que assim que acaba a festa do casamento, o estresse com a preparação também chega ao fim. Depois da troca de alianças, ainda há a preocupação com a viagem de lua de mel e os itens que irá carregar. Mas, não entre em pânico. O UOL conversou com duas profissionais envolvidas com organização e consultoria de moda para te ajudar nessa tarefa que parece ser fácil, mas não é. A seguir, reunimos dicas para passeios de sete dias.

Organize-se
O segredo do sucesso nas escolhas está em conhecer antes o local de destino. Ingrid Lisboa, especialista em organização da Home Organizer, relata que certa vez se deparou com uma cliente que carregava sapatos de salto alto para uma viagem até Itacaré, na Bahia. “Fiquei pensando como ela poderia usar calçados assim em um lugar como no qual as ruas são de terra”.  Outra dica da especialista é selecionar peças básicas, de tons neutros e que combinem entre si. “Sempre uma roupa deve combinar com outras duas. Desta forma, você consegue variar os looks sem carregar muito peso na bagagem”, ensina a especialista.

A consultora de moda e stylist Bia Kawasaki ensina a escolher tecidos que não amassem, como os sintéticos. “Fuja do linho, por exemplo. Passar roupa é perda de tempo”, destaca. Outra sugestão de Bia é preparar a mala imaginando as roupas que irá usar em cada um dos dias. “Monte os looks em casa com antecedência e fotografe-os já prontos. Isso facilita muito na hora de ser arrumar”.
 

  • Thinkstock

    Sandálias rasteiras com aplicações são opções confortáveis para destinos quentes

Destinos quentes
Se você pensou em levar diversos conjuntos de biquínis, saiba que eles só vão ocupar espaço. “Dois pares é o ideal. Enquanto usa um, o outro está secando. Se você acha pouco, pense em mais uma parte que combine com as demais que separou”, explica Ingrid. Para Bia, a mala fica completa com mais três vestidos de malha, seis partes debaixo – que podem ser shorts, bermudas e saias –, cinco camisetas ou blusinhas e uma boa saída de praia que combine com todas as peças de banho.

Quanto aos sapatos, ela sugere um chinelo de dedo, uma sandália mais sofisticada (como as rasteirinhas com pedra), e uma opção confortável, que pode ser tênis ou sapatilhas. “Invista em blusas diferentes, pois elas conferem frescor ao visual repetido. Aposte em acessórios originais e coloridos que repaginam o look”, afirma. Um toque da expert em estilo é levar em consideração a possibilidade de serem convidados para uma festa. “Tenha sempre como recurso um vestido do tipo tubinho, já que ele vai bem desde um almoço à beira-mar a um evento à noite. Junto, separe um belo par de sandálias”, finaliza.

Baixas temperaturas
“Leve uma bota e um casaco, ambos de cores neutras. Deixe as variações com os lenços e xales, já que são pequenos e não aumentam excessivamente o volume da bagagem”, ensina a stylist Bia Kawasaki. Escolha três calças de tecidos encorpados, como o veludo e o jeans. Neste caso, dependendo do local que vocês escolheram, é preciso usar meia-calça por baixo para garantir que o corpo fique quente. “Um recurso bem bacana são as peças para neve encontradas em lojas de artigos esportivos. Adquira três blusas de mangas compridas e duas calças legging. Elas são bem justas ao corpo e não deixam você parecendo um bolo de roupas”, conta Bia. Assim como a mala de verão, invista nas partes de cima. Faça escolhas versáteis, que podem ser usadas durante o dia ou à noite. A especialista em organização Ingrid Lisboa ensina um ótimo truque: “para diminuir o peso das peças de inverno, invista em sacos redutores de volume. Eles embrulham todas as peças a vácuo e você pode guardar até os casacos”.
 
No necessaire, só o que é necessário

  • Thinkstock

    No necessaire, coloque produtos de higiene pessoal e itens básicos de maquiagem como corretivo, gloss e máscara para cílios

Não se esqueça dos itens de higiene e também separe ajude a separar aqueles que são para o seu marido. Leve desodorante, escovas e pastas de dente, fio dental, algodão, cotonetes, absorventes, pente e um pequeno kit para as unhas, composto de alicate, lixa e um vidrinho de esmalte. Carregue xampú e condicionador, sabonetes para o corpo e rosto, hidratante corporal e para as mãos e, por fim, filtro solar. Bia e Ingrid também recomendam carregar apenas a maquiagem básica para o dia-a-dia. Você pode levar um blush, pó compacto e base, lápis de olho, rímel e gloss.

 

Sapatos
Bia Kawasaki diz que prefere levar os calçados em outra mala, separados das roupas. “Não gosto de misturar roupas com líquidos, como bebidas ou perfumes. Se acontecer de alguma embalagem quebrar, o prejuízo é menor”. Já Ingrid ensina a encaixá-los nas laterais da mala, sem a possibilidade de estragá-los ou de amassar as roupas. “Coloque-os ao redor da bagagem para preencher o espaço vazio. Assim, evita-se que as peças se movimentem demais”, explica a especialista em organização.

 

  • Thinkstock

    Muitas noivas se preocupam em caprichar nos conjuntos enfeitados e sofisticados e esquecem das calcinhas mais básicas para os passeios e os sutiãs sem pedrarias ou bordados que marquem por baixo da roupa

Lingeries

Bia Kawasaki revela que já viu muitas noivas se preocupando apenas em carregar peças íntimas glamourosas e cheias de detalhes – como bordados, rendas e babados – e se esquecendo de separar opções confortáveis para os passeios e os demais compromissos. “Sutiãs com aplicações são maravilhosos, mas não ficam bem por baixo das roupas. Eles criam volume e deixam o visual desajeitado”, explica Bia. Em relação à quantidade, ela indica duas peças íntimas por dia e também lembra a importância de levar tipos diferenciados de sutiãs. “Pense no decote das blusas que selecionou”, ressalta. Para uma viagem de sete dias, dois pijamas é o suficiente.

Para os homens
Nem sempre eles sabem bem o que levar na mala. Por isso, um auxílio é sempre bem-vindo para evitar possíveis surpresas na lua de mel. Todas as regras acima devem ser levadas em consideração também na mala dele, assim como a dica sobre o destino da viagem e a temperatura. Para eles, separe duas calças compridas, uma social e outra esportiva, como as do tipo cargo. Converse com ele e peça que já viaje vestindo um jeans confortável e básico. “ Acrescente duas bermudas para churrasco, outra para mergulho e muitas camisetas”, indica Bia.

De acordo com a profissional, as camisetas polo são peças curinga e vão bem em diversas ocasiões. “Além disso, a gola careca engorda. Se o seu noivo estiver acima do peso, fuja desse tipo de roupa e pense nas de decotes V ou a própria polo”, ensina. Outras opções interessantes e arrumadas são as batas masculinas e as camisas. “Passeios mais arrumados em destinos urbanos como Nova York, pedem um look bacana. Aposte na combinação entre jeans, camisa e um paletó por cima”, sugere a consultora de moda. Complete o visual com sapatos casuais, como os sapatênis.

Dispense-os

  • Thinkstock

    Se o secador de cabelos for indispensável na sua rotina, opte por um modelo dobrável ou compacto

Se você está pensando em levar diversos aparatos tecnológicos de beleza, saiba que mal terá tempo para usá-los. “Não há necessidade de carregar depiladores elétricos. Uma solução é depilar-se no dia anterior à viagem”, explica Ingrid. A profissional ainda aconselha a “esquecer” a chapinha ou o babyliss. “Um recurso interessante para quem não vive sem secador, é comprar um aparelho compacto e dobrável, próprio para a viagem”, ensina.

 

Joias, excesso de maquiagem e roupas muito parecidas também estão na lista dos itens que mal serão utilizados. “Em um mergulho, por exemplo, você pode perder as peças de alto valor e ninguém quer prejuízos, certo? Além disso, a mala precisa ter espaço para as novas compras que podem ser feitas na viagem”, lembra Ingrid. Caso você não viva sem joias, separe as pequenas e versáteis, que combinam com diversas produções diferentes. “Um par de brincos de brilhantes e um anel discreto são boas escolhas”, indica a especialista.

Topo