Casamento

Especialistas dão dicas para você organizar a lista de presentes perfeita

MAYARA ALVES

Colaboração para o UOL

Quando chegar o momento de preparar a lista de presentes de casamento, é muito importante que o casal participe da escolha dos itens, já que essa é a única maneira de unir as preferências de cada um e não apenas predominar os desejos da noiva ou do noivo.

Atente-se aos convidados
Antes de tudo, é preciso pensar na condição financeira dos convidados para adequar a seleção ao padrão de vida de cada um deles. “Já ouvi algumas vezes convidados reclamando que o valor dos presentes era muito baixo e que se sentiam envergonhados de oferecer algo tão barato”, diz a cerimonialista Geórgia Nog, autora do blog "Toda de Branco". O mesmo pode acontecer para presentes caros demais.

Personalize
O segundo passo é pensar no estilo de vida do casal. “Obviamente, um casal que mora na praia tem necessidades diferentes em relação aos que vivem em grandes cidades”, conta Vera Simão, presidente da Abrafesta (Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais) e idealizadora do evento Casar. A profissional também cita a falta de espaço como um fator determinante. “Hoje, não temos espaço para guardar objetos desnecessários”, diz.

Pesquise
Visitem várias lojas que ofereçam o serviço e verifiquem se os convidados podem comprar os presentes tanto pessoalmente, quanto pela internet. “O ideal é que a empresa trabalhe das duas formas. Os mais velhos gostam de pegar as peças na mão, ver o que estão comprando. Já os mais jovens preferem a praticidade da compra online”, afirma Geórgia. Outra dica da cerimonialista é fechar o serviço em três empresas diferentes. “Escolham peças distintas e de valores variados. Fujam das listas pré-prontas, pois nem todos os itens agradam a todos os gostos”, completa.

Foque no primordial
Priorizem o que realmente é essencial em uma casa, como os itens de uso diário. Entre eles, Geórgia destaca um aparelho de jantar completo, jogo de copos, taças e de travessas, faqueiro e um conjunto de xícaras. Camila Relva, assessora de casamentos e proprietária da Compagnie, também cita eletrodomésticos e utensílios para a cozinha, como jogos de panela.

De acordo com Camila, aparelhos de fondue e presentes como adega, frigobar e máquina de café são dispensáveis para casais que não costumam receber muitas visitas. Para completar, Vera Simão indica: “mas se vocês adoram um programa romântico, acrescentem o fondue na lista”.

Modernidade à lista
Atualmente, os eletrodomésticos estão entre as peças mais procuradas pelos noivos. De acordo com a assessora de casamentos Lizie Chermann, da MS Eventos Especiais, você deve acrescentar em sua lista itens úteis para o funcionamento da casa, como fogão, geladeira, máquinas de lavar e secar e até a televisão. Mas, não pense que a prataria e os cristais deixaram de ser importantes. Vera Simão explica que esses produtos têm uso limitado e, por isso, deixaram de estar entre os mais pedidos. Vera ainda cita obras de arte e objetos de decoração como produtos com bastante saída. E Geórgia Nog dá uma dica: “o casamento é a ocasião perfeita para pedir essas peças. Senão, os próprios noivos terão que comprá-las. Na ordem das prioridades de um novo lar, eles ficam por último, porque têm valor alto”, afirma.

Problemas solucionados
“É complicado pedir cotas de lua-de-mel, por exemplo. Você pode colocar seus convidados em uma saia-justa, porque o presente tem muito mais um valor sentimental agregado do que dinheiro em espécie”, comenta Lizie Chermann. Mas, como as cotas estão em alta e são procuradas principalmente por casais que já moram junto, Geórgia Nog ensina a disponibilizá-las em forma de passeios: “em vez de colocar uma cota de R$ 2 mil, organize passeios de lua-de-mel com a agência e ofereça aos convidados a possibilidade de presenteá-los com um programa romântico, como um jantar. Assim, eles têm a oportunidade de participar da vida nova de uma forma mais agradável do que somente colaborar com dinheiro”.

Topo