Casamento

Bolos sem pasta americana também são ótimas opções para casamento

Divulgação

Mayara Alves

Do UOL, em São Paulo

Açúcar, manteiga, água. Se você pensou que as próximas palavras seriam a continuação da receita da pasta americana, está enganada. Mesmo porque, esses são apenas alguns dos elementos que fazem parte do seu preparo, já que a confecção varia de um confeiteiro para o outro. Contudo, o que todos afirmam é que essa mistura tem o poder de conferir uma aparência perfeita ao bolo ou doce em que for aplicada. Mas, e quando esse “detalhe” não agrada? “A solução é buscar um bolo que tenha aspecto rústico, com acabamentos diferentes, como o glacê ou o fondant”, explica a decoradora carioca, Janete Pimenta, que comanda o blog Pepper Wedding.

No exterior isso já é tendência, principalmente porque alguns famosos aderiram à moda. “O casamento da atriz Hillary Duff, por exemplo, contou com um bolo lindo em que a massa era toda aparente, apenas enfeitada por um creme branco e flores”, conta Janete. E, se você é uma das noivas que não quer pasta americana em seu casamento, pode comemorar! Muitas docerias já têm alternativas livres dessa mistura. “Na Dedo de Moça, não trabalhamos com a pasta porque ela deixa o bolo parecendo uma porcelana e, para nós, comida tem que ter cara de comida”, brinca a chef Taissa Calixto. Aspecto que, de acordo com a doceira Isabela Suplicy, pode ser suavizado: “a pasta precisa ser fina e ter pouca anilina em sua composição para perder a aparência artificial”, afirma.

Outra observação de Isabela é com relação ao mito de que a pasta resseca o bolo: “tudo depende da forma de preparo, pois os meus são úmidos e bem recheados”. Nininha Sigrist, personalidade que também é referência quando o assunto é doce e açúcar, diz que “a pasta protege o bolo, pois não deixa a umidade do ar passar”.


Origem e uso

De acordo com Nininha e as profissionais do Ateliê Fabiola & Liana, foi na Inglaterra, por volta de 1600, que surgiu a primeira pasta americana. O livro “Delights for Ladies” trazia a primeira receita. Elas ainda revelam que, nesse período, as esculturas de açúcar eram feitas com massa elástica e mistura de marzipã. As meninas do Ateliê Fabiola & Liana complementam contando que “a pasta era usada para tentar retratar detalhes do vestido das noivas e personalizar os bonequinhos para o topo”.

Sobre o sucesso da pasta nos casamentos, Nininha explica que “cada noiva quer um bolo único e a pasta americana permite atender os mais variados desejos”. 

Em harmonia 

Janete Pimenta explica que, se o estilo de seu casamento é moderno, os bolos sem pasta não combinam. Já para as festas em que a decoração é romântica, ela indica escolher um modelo que seja enfeitado com flores por ter uma aparência mais suave. “Os bolos com frutas à mostra são perfeitos para ambientações rústicas e cheias de folhagens, porque reforçam a ideia de natureza”, finaliza.

Topo