Casamento

Lembrancinhas comestíveis e ecológicas são boas opções para presentear os convidados

Caixinha para bem-casado é opção para deixar a festa mais original

Mayara Alves

Do UOL, em São Paulo

Comestíveis, decorativas ou ecologicamente corretas? Não importa qual será o estilo da sua lembrancinha, mas, sim, se ela terá utilidade após o casamento. “Oferecer mimos extremamente personalizados, como canecas com fotos dos noivos, pode ser um problema. Na maioria dos casos, apenas a família guarda aquilo com carinho. O restante dos convidados logo descarta”, declara a cerimonialista Georgia Nog, uma das blogueiras do Toda de Branco.

Bibelôs de cristais ou aqueles que não servem para nada também estão na lista de opções furadas. “Outra enrascada são as oficinas em que o convidado monta sua própria lembrancinha. As pessoas precisam entender que é preciso ter habilidade para preparar qualquer coisa e a maioria não tem”, fala Georgia.

  • Bebek Studio/Divulgação

    Caixinha para guardar mini-espumante e docinhos


Objetos que fizeram parte da decoração da festa também não são indicados. “Já fui a vários casamentos em que as lembrancinhas eram os porta-guardanapos. Muitos ficaram sem nada, enquanto outros pegaram três ou quatro”, observa a cerimonialista Alê Loureiro.

Vale a pena
“As noivas têm procurado bastante sachês e aromatizadores de ambientes, já que o cheiro aguça a memória olfativa. Uma boa ideia é escolher um aroma para o seu casamento e aplicá-lo em ambientes certeiros, como o lounge ou a recepção do espaço. Esse mesmo cheiro deve estar nesses produtos”, diz Alê. Georgia dá uma dica bastante sofisticada, ótima para o casal que tem verba para investir: “vocês também podem oferecer um mimo requintado, como um pingente da Tiffany. Como esse é um presente bem tentador, as cerimonialistas do evento devem ser as responsáveis pela entrega”.

Outras sugestões úteis são as ecologicamente corretas: “Essas são originais. Imagine receber uma caixinha de papel que, na verdade, é uma semente de flor?”, comenta Alê. As comestíveis também costumam agradar. Pense em amêndoas, cupcakes, biscoitos e até docinhos. Nesse caso, procure por uma empresa especializada em embalagens. “Uma proposta legal é presentear com os doces dentro de uma caixinha forrada com tecido, por exemplo”, completa Alê.
 
Descanso para os pés
Os chinelos de dedo, já bem conhecidos das festas de casamento, ainda são muito procurados. “Todo mundo sabe que as mulheres adoram tirar o salto alto durante a festa. Invista em uma alternativa delicada, como as rasteirinhas com aplicações de flores”, sugere Alê. Já Georgia, cita as sapatilhas como o novo sucesso: “elas estão conquistando o coração das noivas. Mas, se você quer mesmo entregar os chinelos, não estampe-os com nomes e data do casamento. Escolha imagens relacionadas à celebração ou símbolos de amor”, finaliza.

Faça você
Para Alê Loureiro, essa é uma tendência bacana – e que ainda pode diminuir os gastos do orçamento. “O casal, principalmente a noiva, demonstra carinho e atenção com os convidados, já que ficaram horas preparando todos aqueles itens”. Georgia afirma que é preciso ter talento manual e saber trabalhar com os materiais a ponto de deixar o resultado final atraente. “Certa vez, atendi uma noiva que ofereceu velas no fim da festa. Ela comprou recipientes pequenos de vidro e os forrou com renda. Ficou lindo, todos queriam a lembrancinha”, conta a expert em organização.

Topo