Casamento

Macarons, bolo de rolo e cupcakes são opções para substituir o bem-casado no casamento

Amanda Zacarkim

Do UOL, em São Paulo

A vontade de personalizar o casamento, para deixar cada detalhe com a cara dos noivos, é uma tendência que segue forte e se expande também para a mesa de doces ou para as lembrancinhas dos convidados. Seja por uma questão de paladar ou simplesmente para fugir do senso comum, o bem-casado tradicional vem sendo substituído por opções como o bolo de rolo, os macarons franceses e os cupcakes de origem inglesa, que já fazem fama no Brasil.

Tamanho mini, textura máxima
Os macarons são uma mistura bem-sucedida de um pequeno bolo com casquinha crocante à base de farinha de amêndoas e de um recheio macio por dentro, quase como um merengue. Originário da França, os doces são opções delicadas para quem quer fugir dos bem-casados.

Giuliana de Salvo, sócia da Suzana Pimenta Bem-Casados e Doces Finos, conta que os macarons ganham o posto de lembrancinha, se apresentados da seguinte forma: “De dois a quatro macarons de sabores variados, dispostos em uma embalagem com laços e o nome dos noivos”.

Os recheios mais pedidos para casamento são pistache, frutas vermelhas, amêndoas, damasco, blueberry e chocolate. Uma graça à parte são as opções multicoloridas de macarons. Giuliana conta que, cada cor, pode representar um sabor, como o verde para pistache e rosado para frutas vermelhas. Outra opção, é o doce obter tons relacionados à festa de casamento. “Os macarons podem ganhar as cores escolhidas pela noiva, de acordo com o ambiente da festa e, ainda assim, ter sabores variados”, afirma.

Mas a troca do bem-casado pelo macaron não precisa ser total. Segundo Giuliana, muitos dos pedidos que atende é para que os macarons estejam na mesa de doces ou de café. “Nesse caso, eles não são embalados e são apresentados soltos, em maior quantidade”, diz.


Cultura regional
Patrimônio cultural e imaterial de Pernambuco, o bolo de rolo caiu nas graças das noivas nordestinas e se espalhou pelo Brasil. A Casa dos Frios, em Recife, é especialista na produção da iguaria típica da região e faz o bolo de rolo para casamentos em diversos sabores, como doce de leite, maracujá, ameixa, chocolate e nozes, além do tradicional --e mais pedido-- de goiabada.

Segundo Claudenir Moreira, gerente responsável pela loja central da Casa dos Frios em Recife, o recheio mais pedido para casamentos ainda é o tradicional. “Mandamos de 200 a 300 unidades de bolo de rolo em tamanho mini para as cerimônias, que substituem os bem-casados na saída da festa”, conta.

Karla Moraes, dona da empresa A Casa do Bolo de Rolo, trouxe a iguaria para São Paulo, em 1998. “As noivas começaram a pedir o doce no lugar dos bem-casados há cerca de seis anos”, relembra. Ela acha que a escolha valoriza os sabores nacionais e pode ser apresentada de várias formas: fatiado e embalado com lacinhos de cetim, em formato mini e embalado em papel dobradura, ou como minibolos de rolo, de 40 gramas, servidos como bombons.

As formas de servir o bolo de rolo variam de acordo com a decoração da festa e a vontade das noivas. Karla sugere que os doces estejam expostos em um móvel vintage, como uma cômoda antiga e decorada, para que os convidados se sirvam da lembrancinha.

Porção fofa e individual
Os bolinhos com coberturas açucaradas e confeitos diversos são originários do Reino Unido. Iris Laguna, responsável pelo atendimento às noivas da doceria La Vie en Douce, conta que a massa de chocolate é o sabor que mais faz sucesso nos casamentos.

Como lembrancinha, os cupcakes são feitos em tamanhos menores e ganham coberturas com marshmellow, flores ou as iniciais dos noivos, feitas em pasta americana, por exemplo. Mas nada impede que a apresentação do doce, suas cores, recheios e sabores, variem de acordo com a vontade do casal ou decoração da festa.

Novas opções
Como o mercado de doces é irresistível e cheio de novidades, nada como adaptar receitas aos tamanhos e detalhes dos casamentos.

Carole Crema, chef e dona da La Vie en Douce, aposta também nos whoopies como lembrancinhas da festa. “O whoopie é parecido com um macaron, mas é banhado em chocolate e apresentado nas cores que a noiva preferir”, conta. Ele pode ser embalado individualmente, como lembrancinha, ou compor a mesa de doces. Os sabores preferidos são brigadeiro, paçoca e marshmellow.

Outra ideia que ganha força é a palha italiana coberta de chocolate e em tamanhos menores. A doceira Juliana Andresa, de São Carlos, no interior de São Paulo, é uma adeptas da alternativa. Ela conta que o sabor mais requisitado pelas noivas é o de creme de chocolate. “Já a cobertura da palha pode ser de chocolate ao leite, amargo, branco ou crocante”. As palhas em formato mini dispensam embalagens de acetato e podem ser apresentadas como bolinhos de três andares, cobertos por chocolate.

Topo