Vestido de noiva

Primavera traz vestidos de noiva mais leves e românticos; confira as tendências da estação

Mayara Alves

Do UOL, em São Paulo

Conhecida por ser a época mais romântica do ano, a primavera começa no Brasil neste sábado (22). Por causa da fertilidade natural da estação, com excesso de flores e cores, e do reflorescimento da flora, esse período proporciona e simboliza um cenário ideal para a celebração do enlace amoroso. Tanto que maio, época que marca o auge da primavera pelo hemisfério Norte, foi eleito Mês das Noivas. No entanto, cada vez mais noivas brasileiras assumem as particularidades do próprio país e decidem subir ao altar durante a primavera daqui, período que ainda é beneficiado pela temperatura amena e por menos chuva que o verão.


Para a noiva acompanhar o ritmo e as tendências da estação, o UOL Casamento conversou com especialistas em vestidos de moda festa, que deram dicas essenciais para quem pretende se casar na primavera. Basicamente, a mulher deve apostar em vestidos leves, feitos de renda ou tule, por exemplo, ou até nas peças coloridas, para as mais ousadas. Bordados florais e silhueta bem marcada também são apostas para acertar em cheio no vestido. Abaixo, veja dicas para encontrar o modelo ideal:

Inspiração floral
Independentemente da época do ano, a estilista Bibi Barcellos acredita que flores combinam sempre com noivas. “Dependendo do estilo da noiva, é possível fazer flores de tecido, com visual de rosa e até flores mais estilizadas em organza. Uma vez, fiz uma saia que tinha 1.500 flores de tule aplicadas”, conta a estilista. Para Emannuelle Junqueira, flores de seda são sempre indicadas.

Uma das dicas do estilista Marco Tarragô é aplicar as flores em lugares estratégicos, como na cintura, decote ou ombro. “Bordados florais, além de deixarem o look mais feminino, charmoso e delicado, também iluminam o vestido”, conta Marco.

Tecidos primaveris
De mãos dadas com as flores, as rendas dão leveza ao vestido e um toque extra de romantismo. “A maneira mais básica de usá-la é optando por rendas com motivos florais ou fazendo aplicações de flores de renda rebordadas”, conta Bibi. Além da renda, organzas, tules e musselines são opções românticas. “O ideal é escolher tecidos mais fluidos, como chiffon de seda, tule francês, tule de seda, gazar de seda e telas vazadas”, aconselha a estilista Solaine Piccoli. 

Em qual estação gostaria que fosse seu casamento?

resultado parcial

Total de votos
Total de votos

Dê férias ao branco
Aproveite a estação mais colorida do ano para apostar em vestidos em outros tons. Segundo os estilistas consultados pela reportagem, essa é uma ótima pedida. “O branco e o off-white são os mais pedidos, claro. Mas a noiva pode optar por um rosa clarinho, um champanhe e até mesmo um azul claro. Ficam ótimos!”, afirma Tarragô.

Para Emannuelle, os nudes também são lindas opções. Mas, se for investir em um vestido que não seja branco, lembre-se de tomar alguns cuidados. “Nesses casos, é preciso fazer uma ornamentação muito especial para a noiva não parecer uma convidada. Não dá para casar com um basiquinho em outro tom que não seja o branco”, alerta Bibi Barcellos. 

Corpo à mostra
O clássico vestido de noiva costuma ser bem longo. Mas, se for uma noiva ousada, vale optar por um mais curto. “Um modelo que tem feito muito sucesso em meu ateliê é um vestido curto com uma saia longa por cima. Durante a cerimônia, a noiva usa a saia longa e, na hora da festa, a tira e curte a festa com um tubinho descontraído e estiloso”, diz Marco Tarragô.

O decote também pode ser mais ousado. “Mas é sempre importante que se tenha conforto. Um decote deve ser aceito até o momento que ele cause segurança à noiva”, alerta Emannuelle. Vale também investir em decotes nas costas, com acabamento em renda ou em “V”.

Silhueta marcada
Na hora de escolher o modelo do vestido, o tomara que caia é um clássico e ganha muitas noivas. Alguns estilistas o apontam ainda como tendência, enquanto outros comentam que ele já está um tanto em baixa. No entanto, um detalhe é fato: noivas mais baixinhas devem evitar o modelo, já que ele achata o corpo.

Para a estilista Dani Messih, as tendências não importam tanto. “Para mim, não existe tendência para vestido de noiva e, sim, uma tradução do que a noiva quer. É importante que o estilista entenda o formato do corpo da mulher para criar um vestido que fique bem naquele tipo de corpo, valorizando os pontos fortes e escondendo os pontos fracos”, comenta.

Sob a luz do sol
Responsável por proporcionar dias lindos, a primavera é uma estação muito procurada para casamentos durante o dia e a céu aberto. “Casamentos diurnos pedem leveza. Por isso, os mais indicados são os vestidos românticos, leves e fluidos. Eles podem ter bordados, mas o ideal é escolher os discretos e sem muito brilho”, conta Tarragô. Para dar ainda mais leveza, Solaine Piccoli aconselha a dar preferência pelas pérolas, em vez das pedrarias.

Além disso, vale adequar o vestido ao lugar. “Se o casamento for em um almoço na fazendo, a noiva pode optar por flores de organza, por exemplo, em vez de brilhos. E, se for uma noiva mais moderna, é uma boa ocasião para apostar em um vestido curto”, lembra Bibi.

Se o casamento for na praia, Isaí Chavez, diretor comercial da Pronuptia, aconselha o uso de peças em musseline ou chifon, que dão fluidez e criam belas ondas com o vento. “O estilo retrô está em alta na Europa para noivas que querem se diferenciar das tradicionais e investir em um estilo um pouco hippie.” Chavez ainda comenta que, por lá, fazem sucesso os vestidos em tecidos leves, com mantilhas na cabeça e maquiagem natural, “que coloca em evidência a inocência e o romantismo de um casamento em meio à natureza”.

Nos álbuns abaixo, veja, respectivamente, sugestões de penteados e maquiagens para noivas que vão se casar na estação das flores:

Em qual estação gostaria que fosse seu casamento?

resultado parcial

Total de votos
Total de votos

Em qual estação gostaria que fosse seu casamento?

resultado parcial

Total de votos
Total de votos
topo