Organização do casamento

Conciliar obrigações com preparativos da festa é desafio para noivas; veja como não surtar

Thinkstock
Disciplina evita a correria dos preparativos e ajuda noiva a curtir cada etapa do casamento imagem: Thinkstock

Heloiza Camargo

Do UOL, em São Paulo

Os preparativos do casamento podem proporcionar dias maravilhosos para uma noiva, mas também podem ser o motivo de noites mal dormidas, produtividade reduzida no trabalho e afastamento de amigos e família. Tudo depende da organização de cada um, que muitas vezes pode sair do controle até das mais regradas. Afinal, qual noiva nunca se pegou olhando inúmeros detalhes do casamento durante o expediente ou deixou de ir ao aniversário de um amigo querido para procurar fornecedores?

Com a publicitária Cristiane Gomes, 27 anos, não foi diferente. Até que ela decidiu virar o jogo. “Ou me organizava ou me tornava uma noiva desempregada”, diz. Com casamento marcado para dezembro deste ano, ela conta que percebeu que havia perdido o foco quando viu que tinham quase 100 mensagens paradas na caixa de entrada do e-mail corporativo. “Tinha tudo para resolver e eu estava só focada no casamento”, afirma.

A partir da constatação, ela montou uma lista detalhada de tarefas, colocou tudo em um caderninho de bolsa, abriu um e-mail exclusivo para assuntos do casamento e passou a se policiar para resolver as pendências relativas à festa no horário do almoço, no final do expediente, em casa, e aos finais de semana. Mesmo assim, o casamento ainda é motivo de “surtos esporádicos”. “Às vezes, fico encanada com alguns detalhes, tenho pesadelos, choro de medo de alguma coisa dar errado, mas depois que consegui me organizar, tudo melhorou. Até para a academia voltei.”

Como administrar o tempo?

- Organize uma pasta --física ou virtual-- para guardar os orçamentos, os contatos feitos e as imagens de inspiração;
- Crie um cronograma de horas por dia que poderão ser usadas para pesquisar sobre assuntos do casamento;
- Use o e-mail o máximo possível para contatar fornecedores e, assim, não perca tempo com deslocamentos; e,
- Envolva o noivo nos preparativos para que ele entenda quando você estiver estressada e possa ajudá-la.
Fontes: noivas Cristiane Gomes e Bruna Félix


Bruna Félix, advogada de 27 anos, tinha quase todo o casamento, previsto para novembro de 2013, preparado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Mas, em março desse ano, ela resolveu morar com o noivo em Florianópolis, onde será a cerimônia. “Apesar de estar bem adiantada, a ideia de resolver os últimos detalhes à distância estava me tirando o sono. A saída foi mesmo começar zero”, conta.

Para manter o rendimento, a advogada limitou o número de horas que iria pesquisar sobre o casamento por dia. “Pesquisar todo santo dia e perder horas de trabalho não causa tanto efeito quanto selecionar duas noites e procurar tudo”, afiema Bruna. Mesmo assim, ela decidiu contratar um cerimonialista. “Eu era meio contra essa ideia, mas era isso ou eu enfartava. Pude delegar tarefas de orçamento e negociação de preço, por exemplo, e evitei perder tempo demais com pesquisa de fornecedores”, diz.

Administre o tempo
Christian Barbosa, especialista em gestão do tempo e produtividade, também é autor da obra “Você, Dona do Seu Tempo” (Editora Gente) e dá boas dicas para as noivas de plantão. “É impossível administrar o tempo com base exclusivamente na memória. Por isso, é importante escolher uma ferramenta que seja um local centralizado para armazenar compromissos, tarefas e informações. Ou seja, comece escolhendo qual é a melhor agenda para você. Pode ser desde a tradicional, de papel, até softwares específicos”, aconselha.

Outra dica é planejar a semana para ganhar tempo. No domingo, antes da hora de dormir, vale pensar em tudo o que deve ser feito a partir de segunda-feira. “Calcule quanto tempo você vai gastar com cada atividade, mas não seja intransigente. Eventuais urgências podem aparecer e é preciso reservar um tempo para os imprevistos”, afirma o especialista.

Estabelecer objetivos é uma boa saída para não surtar. No entanto, isso requer planejamento. Segundo Barbosa, assim que decidir que vai casar, pense em todos os preparativos, defina o que ficará com você e o que será delegado, uma data para a realização de cada atividade e quanto custará todo o casamento. Tenha isso em mente o tempo todo para não perder o foco.

A última dica é sobre o tempo que a noiva tem de reservar para ela mesma. “Você é a pessoa mais importante da sua vida. Mesmo em meio a estudo, trabalho e festa de casamento, reserve um tempo para refletir e encontrar atividades que a mantenham equilibrada”, finaliza Christian Barbosa.

Topo