Cerimônia

Catedral da Sé investe em estrutura para celebrar mais cerimônias de casamento

Múltipla Eventos/Divulgação
Nave da Catedral da Sé, no centro da capital paulista, decorada para cerimônia imagem: Múltipla Eventos/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

A Catedral Metropolitana de São Paulo, a Catedral da Sé, passará a organizar cerimônias de casamento com mais frequência. A igreja, que já foi palco de badalados casamentos da sociedade paulista, como o da cantora Maysa com o empresário André Matarazzo, entre outros, costuma receber menos de cinco casamentos ao ano.

No entanto, com a revitalização da área da praça da Sé e a reforma do templo concluída, a catedral pretende organizar, inicialmente, duas cerimônias às sextas-feiras e três aos sábados. Aos domingos, o local não celebrará cerimônias e, nos outros dias da semana, elas serão feitas apenas sob consulta, para não atrapalhar o andamento das missas tradicionais.

Administrado pela Múltipla Eventos, que já organiza as cerimônias no Mosteiro de São Bento, o projeto Catedral para Casamentos, além de permitir que mais cerimônias sejam realizadas por lá, ainda vai assessorar os noivos --já que o local, por ser patrimônio histórico, tem exigências em relação à decoração para não danificar o espaço, por exemplo. “Queremos que os noivos de São Paulo se casem em sua catedral, como acontece nas principais cidades do mundo”, explica Alessandra Paciullo, diretora da Múltipla.

“Os noivos já podiam se casar na Sé. No entanto, não havia um projeto para orientá-los. Agora, com essa parceria, vai ter sempre alguém da Múltipla na igreja, para receber os casais interessados. Antigamente, os noivos tinham a possibilidade de bater na porta da igreja e se casar na Catedral da Sé. Mas, agora, é a igreja que quer abrir suas portas para receber esses casais, facilitando a organização da cerimônia”, continua Alessandra.

O cônego Walter Caldeira, responsável pela catedral, também é um dos grandes incentivadores do projeto. “A Catedral da Sé é a igreja mãe de todas as igrejas da cidade de São Paulo. É sempre uma grande honra e alegria receber os noivos neste belíssimo monumento de fé e de arte”, diz Caldeira.

Os noivos que decidirem firmar o enlace no local, além de celebrar a cerimônia em um dos mais conhecidos cartões postais da cidade, ainda contarão com um cenário exuberante. A nave de 60 metros, o carrilhão de 61 sinos e um altar para acomodar um grande número de padrinhos formam um cenário especial. O local ainda comporta até 900 pessoas, mas 250 a 300 convidados são suficientes para preencher a área central da igreja, segundo Alessandra. Para celebrar a cerimônia no local, os noivos devem desembolsar R$ 3.000 mil.

Topo