Organização do casamento

Considerado Mês das Noivas, maio pouco representa as brasileiras

Thinkstock
Segundo IBGE, dezembro é o mês preferido pelas noivas brasileiras imagem: Thinkstock

Bárbara Stefanelli

Do UOL, em São Paulo

Já estamos em maio, o Mês das Noivas. Será? Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), dezembro é o mês preferido pelos brasileiros que vão subir ao altar. Registrando um total de 119.884 cerimônias realizadas 2010 (ano que serviu de base para o balanço), o último mês do ano é o mais procurado para realizar casamentos. O mês de maio, neste ranking, aparece apenas na sexta colocação.

Segundo Vera Simão, presidente da Abrafesta (Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais), noivos levam em conta a praticidade na hora de marcar a data do casamento e, por isso, a preferência por dezembro, “porque coincide com as férias de verão e o recebimento do 13º salário”.

Como surgiu, no entanto, esta tradição de que maio é o Mês das Noivas? Estatística e historicamente, especialistas explicam que os motivos têm pouco a ver com o Brasil. A principal razão é a primavera, período que simboliza renascimento e esperança no futuro, e que proporciona o  cenário ideal para a celebração do enlace amoroso graças às temperaturas amenas e abundância de flores. Contudo, maio marca o auge da primavera do hemisfério Norte -nós estamos no outono.

Em qual mês você gostaria que fosse realizado o seu casamento?

Resultado parcial

Total de votos
Total de votos

Por aqui, segundo Fernanda Floret, autora do blog Vestida de Noiva, os meses de primavera (setembro e outubro) também são bastante procurados para casamentos. “Na Europa e Estados Unidos, maio marca a plenitude da primavera, ou seja, época de muitas flores para serem usadas na decoração e com clima ideal para quem não gosta de se casar com neve ou muito calor”, explica a blogueira.

Motivos históricos
Explicações religiosas e baseadas na Antiguidade também ajudam a desvendar a tradição do Mês das Noivas. “Tem a tese de que, na Grécia antiga, o primeiro banho do ano era tomado em abril, após o rigoroso inverno europeu. Portanto, em maio, as noivas ainda encontravam-se ‘limpinhas’ para a cerimônia. Há também uma explicação religiosa: maio é, para os católicos, o mês da consagração de Maria, mãe de Jesus, e por isso o favorito das noivas católicas”, diz Fernanda Floret.

Portanto, para a autora do blog Vestida de Noiva, “no Brasil, o título de Mês das Noivas em maio deve ter se dado pela importação de costumes europeus, especialmente o religioso, por sermos um país de maioria católica”. Fernanda Suplicy, criadora do site Yes Wedding e do evento Wedding Awards, o “Oscar do casamento”, também é da opinião de que maio pouco acaba influenciando as noivas brasileiras.

“Vejo que os casamentos estão bem espalhados pelo ano todo. Hoje, o mundo é muito rápido e temos menos tempo. Então, os noivos se adaptam à melhor data que for para eles, juntamente com a que estiver disponível no local escolhido, a que for melhor para a família, a que coincida com férias para a lua de mel. Tudo isso sem a preocupação com a tradição do mês de maio”, explica a conhecedora de casamentos.

Na enquete acima, eleja o mês em que gostaria de casar e ajude o UOL Casamento a desvendar o verdadeiro Mês das Noivas nacional.

Topo