Organização do casamento

'Árvore' com impressões digitais substitui o livro de assinaturas

Cecília Leite

Do UOL, em São Paulo

Os noivos que procuram uma recordação bem original do casamento podem investir na "fingerprint tree", que significaria, em uma tradução livre para o português, árvore de impressão digital. Como sugestão para substituir o tradicional livro de assinaturas, a "fingerprint tree" surgiu nos Estados Unidos e é uma ilustração dos galhos de uma árvore, com espaço para os convidados da festa carimbarem suas impressões digitais, que, neste caso, representam as folhas.

A ideia conquistou recentemente o mercado matrimonial brasileiro. "A ilustração final pode ser enquadrada e serve para enfeitar o novo lar dos noivos. É bem diferente do formato antigo de livro de assinaturas, que ficava meio de lado, escondido em uma gaveta", diz Gina Valone Rossi, diretora da empresa Casamento.art.br. "É um item indicado para casais que desejam inovar e, posteriormente, ter em sua parede a arte que foi feita por pessoas especiais que estiveram em uma das datas mais importantes de suas vidas", completa Regina Mitie Okiyama, diretora artística da empresa 8 a 80.

Para casais que preferem guardar uma recordação diferente, as empresas nacionais já oferecem outros desenhos que podem ser completados com as impressões digitais. Entre eles, noivinhos segurando fios soltos e as impressões representando balões de ar. 

Como funciona?
A árvore de impressões digitais deve ficar em um espaço pensado somente para ela --é ideal que fique na entrada da festa. Para dar um efeito bem bonito, a ilustração pode ser apoiada em um cavalete. É importante lembrar de alguns itens que ajudam a fazer com que esse momento seja um sucesso. Para isso, separe carimbos de cores diferentes e de tinta à base d'água, para não manchar as roupas dos convidados, e lenços umedecidos para eles limparem os dedos.

"Algumas noivas costumam deixar também uma caneta, para que os convidados escrevam o nome abaixo da digital. É uma forma de identificar quem participou do desenho", diz Marcela Barbosa, Gerente de Marketing da S-Cards.

"Ainda é necessário deixar uma lixeirinha ao lado para depositar os lenços umedecidos utilizados. Esse é um detalhe que muitos casais acabam esquecendo", aconselha Regina, da empresa 8 a 80.

Como é uma novidade, os noivos também podem montar uma porta-retrato com instruções de como utilizar a "fingerprint tree". "Também vale deixar o mesmo desenho, em tamanho menor e já preenchido, para os convidados entenderem como deve ser o resultado" diz Gina, da Casamento.art.br.

Topo