Festa e cerimônia

Uso de hashtags é forma econômica de ver fotos do casamento após o evento

Thinkstock
Logo em seguida do evento, o casal pode ver todas as fotos que foram publicadas com a hashtag escolhida para o evento imagem: Thinkstock

Carolina Maggi

Do UOL, em São Paulo

A tecnologia tem se tornado aliada e facilitadora até dos tradicionais casamentos. Com aplicativos como o popular Instagram, o uso de hashtags personalizadas --palavras-chave antecedidas pelo símbolo jogo da velha "#"--, está possibilitando aos noivos a oportunidade de verem as fotos do casamento logo em seguida da festa.

Já que o aplicativo se tornou um vício entre muitas pessoas, que adoram registrar os momentos de suas vidas, o casal pode tirar proveito desses registros. Além de agrupar todas as fotos tiradas no evento e de ser econômico, já que não se gasta nada para criar uma hashtag, o aplicativo ainda diminui aquela expectativa pós-festa dos noivos que, ocupados com a recepção, perdem diversos momentos do "grande dia". Basta o casal criar uma hashtag, divulgá-la para seus convidados e pedir para eles usarem o atalho nas fotos que postarem. Assim, os pombinhos não precisam esperar por vários dias pelo álbum de casamento.  

A escolha da hashtag é feita pelos noivos. “Geralmente, essas palavras seguem um padrão, como, por exemplo, #casamentoanaejose”, explica Felipe Corrêa, gerente comercial da Printgr.am, empresa de serviços de revelação de fotos em eventos. Mas o casal também pode escolher alguma frase específica que tenha a ver com o casamento ou alguma brincadeira deles.

Diferentes olhares
Além de se atualizarem de tudo que aconteceu nos bastidores, os noivos ainda contarão com o olhar particular de cada convidado que postar uma foto do evento. “Os noivos vão ver o casamento pelo olhar de quem fez parte do evento. E até quem não pôde ir, por algum motivo, poderá acompanhar o casamento em tempo real, através do celular ou internet”, explica a publicitária e autora do blog Bem Casadas, Clarice Porto, que se casou em maio de 2012.

“Na época do meu casamento, o Instagram e as hashtags não eram essa febre toda e pensamos em uma palavra-chave na hora do evento mesmo. Mas, no fim, todos usaram e deu para ter acesso a fotos bem legais”, lembra. Na opinião de Clarice, quem quiser divulgar a hashtag antes, pode colocá-la no "save the date" ou no convite de casamento; em placas na entrada do evento ou em cartões personalizados, que são entregues para os convidados ou disponibilizados nas mesas do salão.

A analista de sistemas Bruna Cormack se casou no fim de agosto último e também fez o uso da ferramenta de fotos. Para que os convidados ficassem sabendo da hashtag no dia do casamento e postassem muitas fotos, Bruna disponibilizou, no dia da festa, uma moldura com o mesmo layout do Instagram, onde estava indicado o atalho que os convidados deveriam usar a cada foto postada. Segundo Bruna, os convidados adoraram e se divertiram com a ideia. “Hoje em dia, todo mundo leva celular e quer postar no Facebook ou no Instagram. Isso faz com que as pessoas sintam que estão colaborando e fazendo parte do evento.” 

Fotolembrança
Quem quiser --e tiver uma graninha sobrando no orçamento-- pode optar pelo serviço de impressão das fotos postadas no Instagram na hora do evento.

Na empresa Printgr.am, é possível contratar o serviço, que fica disponível no dia do evento e imprime a foto de todos os convidados que usarem a hashtag personalizada, servindo até como uma lembrancinha. É só o convidado ir até o totem montado pela empresa no evento e buscar a sua imagem impressa, em uma moldura personalizada com o nome do usuário. A empresa Cabine X também produz fotolembranças instantâneas dos convidados. Através de uma hashtag do casamento, a empresa coleta as fotos do Instagram dos convidados para impressão. O contrato de quatro horas e fotos ilimitadas sai a partir de R$ 2 mil. 

Além de disponibilizarem o serviço de impressão na hora, distribuindo imãs com as imagens, a Fixagr.am, loja on-line que personaliza e imprime fotos, oferece outros tipos de produtos que podem ser encomendados depois da festa, como impressão de pôsteres, quadros e até capinhas de celulares com as imagens que os noivos selecionarem. Além disso, a Fixagr.am também entrega todas as fotos tiradas pelos convidados em um CD para os noivos, em média, 15 dias depois da festa.

“A hashtag é uma forte tendência nos casamentos”, afirma Denise Della Nina, gerente comercial da Fixagr.am. Segundo a empresária, disponibilizar esse tipo de diferencial no casamento diverte muito os convidados. “O diferencial que os noivos buscam em seus casamentos é a personalização. E essa é uma lembrança que nenhum convidado vai ter igual ao outro”, explica.

Já a empresa TagEvent não disponibiliza o serviço de impressão, mas por meio da hashtag exibe as imagens tiradas pelos convidados em um telão no dia do evento. Ao mesmo tempo, essas imagens ficam disponíveis em um álbum no site da empresa, para os noivos imprimirem onde quiserem. Basta cadastrar a hashtag no site da TagEvent.

Os casais que já gastaram além da estimativa podem apenas selecionar algumas imagens que gostaram para imprimir depois, em uma casa de revelação de fotos. No entanto, o uso das hashtags não dispensa a contratação de fotógrafos, caso os noivos queiram registros profissionais e de alta definição do evento.

Topo