Vestido de noiva

Estilistas dão dicas sobre como acertar no visual da festa de noivado

Cecília Leite

Do UOL, em São Paulo

Assim como o casamento, o noivado também é um momento único e inesquecível para o casal. O evento reúne apenas pessoas muito especiais e é uma comemoração bem mais intimista do que a realizada no “grande dia”. Por isso, todos os detalhes devem ser escolhidos com muito carinho. Para não fazer feio, o visual da noiva pede uma produção caprichada, pois os momentos deste dia também entrarão para os álbuns de família.

Mas, antes de sair para as compras, leve em consideração algumas dicas que estilistas deram ao UOL Casamento. Em primeiro lugar (e essa dica serve para qualquer ocasião), a noiva precisa conhecer bem seu próprio corpo. "Levar em conta o estilo pessoal e vestir algo que valorize alguma parte do corpo que a noiva goste muito é o primeiro passo. Isso deixa a mulher mais segura e à vontade neste momento tão especial", aconselha a estilista Fabiana Milazzo, da grife Fabiana Milazzo.

No noivado, também é possível ousar um pouco mais do que no casamento. "Vale procurar um vestido que não seja tão atemporal e fugir dos longos, mas nenhum exagero ou vulgaridade é permitido", alerta a estilista Cecilia Prado, da loja Cecilia Prado.

Tipo de festa
O local e horário da festa também interferem no modelo. "É muito importante levar em conta o estilo pessoal da noiva e combiná-lo com o horário e o lugar escolhido", acrescenta Georgina Mascarenhas, estilista da grife Barbara Bela.

Para uma comemoração pela manhã, os tons claros são clássicos e garantidos. Pela tarde, já é possível incluir um pouco de brilho na produção e até escolher decotes mais profundos. "A noiva deve ousar somente pela noite, tanto nas cores e estampas quanto no brilho", explica a estilista Fabiana.

"Para uma festa pela tarde, indico os modelos longos estampados e bem fluidos, mas escolher uma peça de cor marcante também é uma boa aposta. À noite, está liberado abusar do curto e dos detalhes com bordados e brilhos", diz Georgina.

Protagonista
É indicado, ainda, que a noiva se destaque entre as convidadas, usando elementos que remetam ao "grande dia". Peças em tons claros, como branco e off-white, vão bem durante o dia e até pela noite; e os tecidos nobres, como a seda e as rendas bem trabalhadas, encabeçam a lista de favoritos dos estilistas consultados pela reportagem.

"A noiva deve demonstrar que houve um cuidado em se produzir e que se preocupou mais do que as outras convidadas. Caprichar no penteado e nos acessórios também é essencial", diz a estilista Camila Faria, da grife Vivaz.

Se estiver sem tempo para escolher tantos detalhes, o consultor de moda e apresentador Arlindo Grund dá uma dica para resolver o modelo sem complicação: "A mulher pode, simplesmente, usar uma roupa que marcou o primeiro encontro com o futuro marido, por exemplo".

Acessórios
Para a estilista Cecilia Prado, a pedida é usar tiara de brilhante discreta, casquete delicada ou um coque com pente trabalhado. Tudo isso em harmonia com o vestido ou conjuntinho, claro. Modelos simples --sem estampa, bordados e brilhos-- pedem acessórios elaborados. Recortes diferenciados, decotes e peças curtinhas já fazem bonito por si só e dispensam o uso de outros adereços chamativos.

"Se tiver uma bela joia de família, ela pode levantar ainda mais o visual. Mas, se não tiver, tudo bem. O que mais vale é as pessoas sentirem o amor que existe entre o casal e a energia que irão irradiar", diz Grund.

Convidadas
As mulheres presentes no noivado ganham passe livre na produção e devem seguir o traje pedido no convite. Ainda assim, é importante ter bom senso na hora de se produzir. "Um noivado não possui o mesmo glamour de um casamento, então não é necessário montar uma superprodução", explica Camila Faria, da Vivaz.

Topo