Vestido de noiva

Vestidos coloridos e acessórios vintage são destaques de feira em Barcelona

Mariana Pasini

Do UOL, em Barcelona (Espanha)

Vestidos de noiva coloridos dominaram a Barcelona Bridal Week, maior evento de moda noiva da Europa. Realizado na na capital da Catalunha, na Espanha, de 6 a 11 de maio, a feira conta com desfiles -a Passarela Gaudí Noivas-, além dos expositores e vendas, o Salón Internacional Noviaespaña. Ao todo, o evento conta com cerca de 200 marcas.

Cores vibrantes e vestidos étnicos

"O casamento é o momento da surpresa", diz o estilista Jordi Dalmau para explicar o motivo pelo qual uma noiva escolheria usar amarelo e preto. O amarelo é a cor predominante de sua nova coleção, chamada "Euphoria". Dalmau diz que esta é "a cor da amizade" e é "cheia de energia positiva". "Em meus vestidos, eu combino o lado 'boa menina' com algo mais agressivo", explica.

Dalmau também trabalha com cores como o vermelho, o lilás, o azul e até o preto. Para ele, hoje a noiva quer subir ao altar com originalidade. Ele nota uma preferência distinta em cada país: as francesas, por exemplo, adoram o azul, enquanto no Japão o vermelho é cor da vez. A marca não tem lojas no Brasil, mas é possível entrar em contato com a empresa para combinar uma compra, cujo valor pode chegar até os 4,5 mil euros.

A marca francesa Cymbeline também entrou na onda das cores, criando para esse ano uma coleção chamada "La Vie en Rose", como a canção imortalizada por Edith Piaf. "Queríamos mudar o clima triste de uma Europa em crise, então pensamos: 'Vamos fazer a vida ser rosa'', diz Sophie Delaroche, diretora de comunicações da marca. "Essa coleção é pensada para uma garota 'neo-romântica'".

Além do rosa claro, a marca ousou ao criar um vestido de noiva rosa-choque e até um vermelho vibrante. Há ainda dois modelos brancos feitos com aplicações de rosas bordadas. 

O estilo “boho chic” também foi um dos destaques da feira. "É uma releitura do étnico, fugindo um pouco do romântico clássico --que, se repetido, fica muito chato", diz a estilista Yolanda Cris. "Nós pegamos o étnico, que é uma tendência da moda em geral, e lhe damos força", afirma. Os vestidos da sua coleção misturam transparências e rendas com franjas e motivos delicados.

Uma nova invenção de Yolanda é a borboleta de tela feita para o cabelo, que vem com uma presilha para ser fixada. "É um animal delicado, mas é interessante pensar na metamorfose que ele sofre", diz.

Do vintage ao plástico

"Hoje em dia a noiva pensa: 'Por que não?'", diz Blanca Corbella, vendedora da Esperanza Bertran Complementos Nupciales, para explicar as combinações que suas clientes fazem com seus produtos, que vão de luvas e pulseiras a toucas de renda.

"Vemos que há uma preferência pelo vintage, bem como as pedrarias e brilhantes. Nós pensamos em acessórios para noivas mais hippies, e a partir daí, ela combina como quiser, com um véu, por exemplo", diz.

Há também quem fique entre o clássico e o despojado. "Os melhores clientes são os que me dizem: faça o que você quiser", brinca Carmen Font, dona de uma loja especializada em chapéus de festa e fascinators. Há diversos materiais que podem servir de matéria-prima para suas invenções --ela mostra até mesmo um modelo com PVC brasileiro. A marca aceita encomendas para o Brasil e os preços podem chegar aos 112 euros.

Já na marca Drap, uma das novidades é uma bolsa que reproduz uma capa de revista, que tem cerca de 30 centímetros e pode custar 56 euros (com cristais). Há ainda bolsas totalmente transparentes, de metacrilato, que saem por 22 euros. Atacadista, a empresa não tem sede no Brasil, mas revende para outras marcas.

A próxima edição da Barcelona Bridal Week está programada para ocorrer de 5 a 10 de maio de 2015. Para mais informações, consulte www.barcelonabridalweek.com

Topo