Casamento

Estilistas ensinam convidadas a usar luvas em casamento sem ficar cafona

Getty Images
Luvas longas podem ser usadas em eventos formais, desde que tomado alguns cuidados imagem: Getty Images

Louise Vernier e Amanda Sandoval

Do UOL, em São Paulo

Desde que Amal Alamuddin compareceu ao Globo de Ouro 2015 com luvas brancas na altura do cotovelo, o acessório ameaça voltar para o guarda-roupa de festa das mulheres. Estrelas do cinema do passado como Rita Hayworth, Marilyn Monroe e Audrey Hepburn exibiam looks elegantes com o adorno. Mas usar luvas em eventos fora do tapete vermelho pede alguns cuidados.

A primeira recomendação é respeitar o estilo do evento, a estação do ano e o horário. Durante o dia e em cerimônias no campo, luvas de cores mais claras, confeccionadas em tecidos opacos, como renda, linho, crepe, cashmere e algodão, são mais adequadas. À noite e em locais fechados, as de cores escuras, com brilhos e bordados e confeccionadas em cetim, seda, tafetá, shantung ou renda são bem-vindas.

O comprimento das luvas deve ornar com o vestido escolhido para a ocasião. Segundo a consultora de imagem e estilo Bruna Guadaim, especialista em Styling pelo Fashion Institute of Technology de Nova York, vestidos sem mangas combinam com todos os comprimentos do acessório, desde o que termina no punho até o que vai um pouco além do cotovelo. Já os vestidos de manga curta ou três-quartos pedem luvas curtas. Com peças de mangas longas, as luvas são dispensáveis.

Não é necessário que o acessório seja confeccionado no mesmo tecido do vestido. Vestes de seda, por exemplo, podem ser usadas com luvas de renda, tule ou algodão, se o casamento acontecer durante o verão. Já no inverno, o par pode ser de cetim, veludo, pelica, tafetá ou cashmere. Da mesma forma, a cor das luvas pode ser diferente do vestido. “Usar a criatividade e misturar tons que combinem entre si, como vermelho e nude ou azul e verde, é uma boa opção”, garante Bruna. Mas, se preferir o estilo clássico, aposte em tudo da mesma tonalidade.

Com as luvas em mãos, dispense pulseiras e anéis. “Colocar joias sobre a luva fica deselegante e beira o exagero”, diz a estilista da marca Pó de Arroz, Penha Maia. Também é importante, encarar o acessório como uma peça para impactar na entrada do evento, mas que deve ser retirada em alguns momentos. “Por exemplo, quando for comer ou beber algo”, diz a estilista da marca Vestiderie, Karen Rodrigues.

Dispense o acessório
Em cerimônias informais, na praia, em casa ou para poucos convidados o uso das luvas é desnecessário. Por isso, antes de decidir se investe ou não no acessório, as estilistas orientam checar o convite de casamento ou o site dos noivos, que sempre têm algum indício sobre o grau de formalidade da celebração. 

Topo