Comportamento

13 mandamentos para ser uma boa visita na casa de alguém

Getty Images
Para começar a visita com o pé direito, não apareça sem ser convidado imagem: Getty Images

Thais Carvalho Diniz

Do UOL, em São Paulo



Pode parecer bobagem, mas, mesmo quando fazemos visitas simples do dia a dia, algumas regras de etiqueta devem ser levadas em consideração. Afinal, quem nunca passou pela saia-justa de ter uma visita em casa, estar morrendo de sono e a pessoa não ir embora? Portanto, duração, gentilezas e, claro, não chegar sem convite prévio são alguns dos itens para não esquecer em ocasiões do tipo.

A seguir, saiba quais são os 13 mandamentos da boa visita e não dê mais furos com os anfitriões. 

* Fontes: Renata Mello, consultora de imagem; Monayna Pinheiro, docente do curso de etiqueta social do Senac Penha, em São Paulo, e Marcele Goes, consultora de imagem.

  • Não apareça sem combinar ou ter sido convidado

    Mesmo que você esteja por perto da casa de um amigo ou familiar, não é educado tocar a campainha sem, ao menos, ligar (ou mandar uma mensagem) para saber se a pessoa está disponível para te receber. Caso o encontro tenha sido marcado previamente, cheque um dia antes se o convite está de pé.

  • Nada de atrasos

    Evite atrasos superiores a 15 minutos. Muitas vezes, o anfitrião precisa de todos os convidados presentes para começar a servir, por exemplo.

  • Leve um presente

    Para visitas rápidas e costumeiras, não é necessário se preocupar com esse item. Porém, se você vai à casa de alguém pela primeira vez ou recebeu um convite para uma ocasião especial, é delicado levar algo como forma de agradecimento. A escolha do presente depende do tipo de visita, mas flores, vinho e chocolates estão entre os mais comuns.

  • Acompanhantes

    Na maioria das vezes, a possibilidade de levar ou não alguém é sempre explicita no convite. Caso esteja com um namorado novo, não há problema em perguntar.

  • Crianças

    O ideal é se certificar que não há problema em levá-las, principalmente se for uma ocasião noturna. Em caso de visitas costumeiras entre amigos íntimos, você pode perguntar e até oferecer a sua casa para o encontro, se for mais cômodo para os filhos (os seus e os dos outros).

  • Pergunte se precisa colaborar com algo

    Em caso de resposta negativa do anfitrião, não seja daqueles que faz uma surpresa e aparece com a sobremesa. Quando o dono da casa recusa esse tipo de ajuda, quer dizer que já planejou todo o cardápio e o seu gesto pode se tornar um inconveniente.

  • Não precisa sair da dieta

    Em caso de restrições alimentares, é de bom tom avisar o anfitrião a respeito para não gerar saia-justa durante a ocasião. De resto, caso não queira aceitar algo que seja oferecido, recusando com educação, não há problema.

  • Nada de assuntos polêmicos

    Se a visita envolver outras pessoas além do anfitrião --e ainda mais se você não tiver intimidade com os demais convidados-- evite falar sobre política, futebol e religião. Além disso, colocar na roda um tema que apenas você domina pode fazer com que a interação social fique limitada, o que não é a ideia de nenhum anfitrião ao promover um encontro.

  • Não fume

    Mesmo que você saiba que o anfitrião é fumante, ele pode não gostar do cheiro do cigarro dentro de casa. Vale observar o comportamento dos fumantes e, se achar conveniente, perguntar sobre o assunto.

  • Ofereça ajuda

    Qualquer que seja a ocasião, coloque-se à disposição do anfitrião para ajudar com pequenas tarefas, como tirar a mesa e lavar a louça. Se ele recusar, não insista, pois pode parecer desagradável.

  • Olho no relógio

    Para encontros diurnos, o limite de tempo é de cerca de quatro horas. Se for uma visita noturna, três horas é a tolerância. Além disso, é bom ficar atento aos sinais do anfitrião de que o encontro está chegando ao fim. Após a sobremesa e o cafezinho, por exemplo, 20 minutos são suficientes para finalizar a visita.

  • Agradeça

    Elogios e agradecimentos são bem-vindos, sempre. Se for uma ocasião especial, convém, no dia seguinte, enviar uma mensagem sobre a sua satisfação.

  • Banheiro

    Lembre-se de deixar o banheiro do anfitrião em ordem após o uso. Caso note a falta de algum produto em especial ou tenha acabado o papel higiênico na sua vez, é de bom tom avisar o dono da casa a respeito, mas com discrição.

Topo