Sexo

4 estratégias para se divertir a dois com um vibrador

Lumi Mae/UOL
O vibrador pode ser uma alternativa para casais que buscam sair da rotina imagem: Lumi Mae/UOL

Do UOL, em São Paulo

Engana-se quem pensa que o acessório serve apenas para suprir a ausência de um parceiro sexual ou para explorar o próprio corpo. O vibrador também pode ser usado durante o sexo para descontrair, fugir da monotonia e aumentar o prazer do casal. A seguir, quatro passos para colocar essa experiência em prática com sucesso, aumentando as chances de garantir a satisfação pessoal e a do parceiro. 

  • Surpresa ou D.R.?

    Aparecer com um vibrador na hora H só é uma possibilidade para os casais que falam abertamente sobre sexo e já comentaram sobre o uso do acessório. Mas, ainda assim, o urologista e sexólogo Celzo Marzano, diretor do Cedes (Centro de Orientação e Desenvolvimento da Sexualidade), recomenda preparar o par para algo novo. "O ideal é dar dicas para o parceiro de que algo diferente está sendo planejado, antes de surpreendê-lo. Dessa forma, você minimiza as chances de se decepcionar com a reação da pessoa", diz. Porém, se o casal for mais conservador, será preciso introduzir o assunto aos poucos. Vale, por exemplo, contar uma história (ainda que não seja verdadeira) de conhecidos que usaram. E, na sequência, perguntar o que o outro acha. "Alguns homens têm preconceito com vibrador, porque pensam que a mulher que pede não está satisfeita com os pênis deles. Mas o que deve ficar claro é que essa é só mais uma forma de diversão", fala a sexóloga Carla Cecarello, fundadora e coordenadora do Projeto Ambsex.

  • Tipos e formas

    Nem todos os vibradores têm formato de pênis. Há, inclusive, modelos específicos para serem usados a dois. Um exemplo é o anel peniano vibrador, que é colocado no pênis e, durante a penetração, estimula a vagina ou o ânus do par. Há também os vibradores clitorianos, que podem ser usados durante a penetração, substituindo a estimulação com os dedos. O modelo We Vibe é exclusivo para mulheres, mas também estimula o homem, que pode penetrar a parceira usando o acessório --e senti-lo vibrar. "O homem pode escolher a vibração do aparelho por controle remoto. Aí não tem ciúme, só festa", diz a sexóloga Rose Villela, coordenadora do curso de sexualidade do Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo. Para lésbicas, há vibradores com pênis de duas pontas, que penetram as duas mulheres ao mesmo tempo, caso elas queiram curtir essa experiência. Outra opção são as cintas com pênis, que podem ser usadas por casais homossexuais ou heterossexuais. Um vibrador pequeno, no formato de cápsula, ajuda a iniciar a prática do sexo anal. O mais importante é que, independentemente do modelo, os dois participem da decisão. Uma possibilidade é o casal escolher o aparelho junto, pela internet.

  • As melhores posições

    Quando você desvincula a imagem do vibrador da penetração, percebe que o acessório pode ser usado em qualquer posição em que o casal se sinta confortável. "Muitas mulheres não atingem orgasmo na posição de quatro, porque não ela não permite a estimulação direta do clitóris. Elas podem usar um vibrador nesse momento, de maneira bem localizada", diz a ginecologista Carolina Ambrogini, coordenadora do Projeto Afrodite, de sexualidade feminina, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). O vibrador no clitóris pode ser útil na posição "conchinha" ou quando a mulher está por cima do homem. Homens e mulheres podem ainda ter o clitóris ou o períneo estimulado com um vibrador, enquanto recebem sexo oral. Para mulheres que desejam dupla penetração, mas não querem dividir a cama com dois homens, o acessório é uma opção interessante. Basta que o parceiro escolha onde irá penetrá-la e use o brinquedo na outra extremidade.

  • Lubrificante e higiene

    Para introduzir o acessório na vagina ou no ânus, o ideal é que ele seja lubrificado com produto específico para o sexo. Vaselina ou saliva não funcionam. Além disso, é preciso cuidar da higiene. O mesmo vibrador utilizado no ânus não deve ir para a vagina antes de ser bem limpo e de receber um novo preservativo. A mesma medida é recomendada quando se alterna a utilização com o par. Depois da brincadeira, é fundamental higienizar o acessório conforme as instruções da embalagem, além de retirar as pilhas ou baterias. O vibrador deve ser guardado envolto em um pano, para se manter limpo.

Topo