Relacionamento

8 frases para não dizer em um primeiro encontro

Getty Images
No primeiro encontro, é hora de assuntos leves; esqueça por exemplo seus dramas familiares imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Às vésperas do Dia dos Namorados --celebrado neste domingo (12)--, você vai sair pela primeira vez como uma pessoa. O nervosismo é comum e pode render assuntos mal colocados. Para ajudar o seu "date" a ser um sucesso, o UOL ouviu especialistas em relacionamentos que listaram oito frases para evitar em um primeiro encontro.

  • "Estou tentando descobrir por que você está solteiro"

    Pode parecer que você está elogiando a pessoa, mas a frase sugere que o outro tem algum defeito e é só uma questão de tempo até você descobrir qual é. Fora que ao falar isso você sugere que ser solteiro é um problema. Lembre-se: muitas pessoas estão fora de um relacionamento por opção.

  • "Meu 'ex' sempre dizia que..."

    Os especialistas são unânimes em relação a esse ponto: falar sobre amores passados em um primeiro encontro não pega bem. Se o outro perguntar diga apenas o necessário. Mas não ceda à tentação de desabafar sobre ex-namorados ou de tentar descobrir o histórico amoroso do pretendente. "O ideal é aproveitar o momento para criar novos laços e não investigar o que já passou", afirma o psicólogo Yuri Busin, mestre em neurociência cognitiva e do comportamento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo.

  • "Você se importa se os meus amigos passarem aqui mais tarde?"

    Com certeza, ele vai se importar, mas não terá coragem de dizer. Considere que esse é um momento para os dois se conhecerem, sem interferências. Por isso, por mais que o outro acene que tudo bem colocar mais cinco pessoas na mesa do jantar romântico, saiba que perderá a chance de desenvolver intimidade com o pretendente ao fazer essa concessão.

  • "Você seria uma ótima mãe/um ótimo pai"

    Ou ainda: "Você pretende ter filhos? Quantos?", "Prefere menino ou menina?", "Já pensou em nomes?". Calma lá! Ainda que o encontro esteja indo bem, não convém conversar sobre um futuro distante na primeira noite. "Planos futuros envolvem sentimento e um envolvimento real. Pode parecer estranho fazer qualquer planejamento sem pelo menos ter dado um beijo no outro", diz Busin.

  • "Quando vamos dormir juntos?"

    Para alguns casais, falar sobre sexo no primeiro encontro é natural, divertido e extremamente excitante. Mas é preciso sentir que o outro deu abertura para entrar no assunto. "Tem de avaliar como a outra pessoa lida com a questão, o que tem a ver com a criação dela. Muitas vezes, postergar o assunto um pouco pode ser produtivo para o casal", diz o psicólogo Alexandre Bez, especialista em relacionamentos pela Universidade de Miami.

  • "Desculpe o atraso, fui visitar meu irmão na clínica de reabilitação"

    Abordar dramas familiares com alguém que você acaba de conhecer não é a melhor maneira de iniciar uma conversa. "Ainda mais porque primeiros encontros são melhores quando são leves", diz Aline Gomes, psicóloga pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) do Rio de Janeiro. Nesses casos, basta pedir desculpas pelo atraso e engatar um outro assunto.

  • "Quanto você acha que eu ganho?"

    Ostentação só dá certo nas letras de música de funk. Na vida real e principalmente em um primeiro encontro é muito melhor mostrar qualidades pessoais, que vão além do status financeiro. "Se usar a conta bancária como isca para atrair um parceiro, não dá para reclamar se, depois que o relacionamento vingar, esse vier a ser um dos fortes motivos para permanecerem juntos", diz Aline.

  • "Em quem você votou?"

    Tudo bem que é importante ter pontos de vista em comum com o par, mas um primeiro encontro não é o momento para levantar uma discussão que pode se tornar acalorada e acabar com o clima de paquera. Deixe a investigação sobre convicções políticas e afins para as próximas saídas.

Topo